ANO: 25 | Nº: 6313
24/01/2019 Fogo cruzado

Câmara vai avaliar piso dos agentes comunitários de saúde

O projeto de lei que estabelece o piso nacional da categoria dos agentes comunitários de saúde (ACS) foi encaminhado pela Prefeitura de Bagé ao Legislativo na semana passada. A proposta pode ser votada pela Câmara em extraordinárias ou após o recesso, em março.
O vencimento dos agentes deve alcançar o teto de R$ 1.250 neste ano, R$ 1,4 mil em 2020 e R$ 1.550 em 2021. A legislação prevê o repasse de 95% do valor pelo governo federal e 5% sendo responsabilidade do município.
O novo piso, que já havia sido confirmado pelo secretário municipal de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência, Mário Mena Kalil, não deve enfrentar resistência entre os parlamentares. O vereador Edimar Fagundes, do PRB, que integra a mesa diretora, inclusive, já adiantou posição favorável.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...