ANO: 25 | Nº: 6278
29/01/2019 Cidade

Acadêmicos da Urcamp relatam participação em colônia de férias do Exército no Rio de Janeiro

Foto: Divulgação

Experiência aconteceu na tradicional colônia de férias do exército
Experiência aconteceu na tradicional colônia de férias do exército
Entre os dias 9 e 25 de janeiro, acadêmicos dos cursos de Pedagogia e Educação Física da Urcamp atuaram como voluntários na colônia de Férias da Escola de Educação Física do Exército (EsEFEx), no Rio de Janeiro. Participaram da colônia nove alunos do campus de Bagé da Urcamp, sob a coordenação da professora Clarisse Ismério. A tradicional colônia ocorre desde 1936 e reúne crianças de cinco a 12 anos.
As atividades destes 17 dias serão levadas pelos acadêmicos como experiência profissional e pessoal para a vida. Acadêmico do 5º semestre do curso de Educação Física, Gabriel Silva, de 19 anos, foi responsável pelo atendimento de uma menina de oito anos, autista, grau 2, com dificuldade na fala e interação social. “Depois dessa oportunidade, fica a vontade de voltar, e cada vez mais buscar novos desafios e conhecimentos para trabalhar com crianças com algum tipo de deficiência”, comenta.
Como última atividade acadêmica, Angelita Rodrigues também atuou junto às crianças com deficiência. Aos 22 anos, ela se forma em Pedagogia em março deste ano. Apesar da pouca idade, vai levar na bagagem profissional todo o conhecimento adquirido durante a colônia. “Voltamos do Rio com as energias recarregadas, com um novo olhar e com as ideias fortalecidas. Foi um momento de descobertas e oportunidades, de fazer coisas diferentes, considerando sempre o lado pedagógico”, destaca.
O que chamou a atenção da formanda foi a grande interação entre as crianças da colônia, independente de apresentarem ou não algum tipo de deficiência. “Meus olhos se encheram de lágrimas quando, no último dia, uma turma ao apresentar seu grito de guerra, o fez em Libras. Fiquei emocionada e encantada com a preocupação deles em inserir a colega que era surda”, conta.
A viagem também deve render novas parcerias em projetos futuros. A professora Clarisse Ismério destaca que, durante a colônia, conheceu a coordenadora do Curso de Educação Física da UNIPLAC, de Lages, Santa Catarina, Andréia Borssatto. “E esse encontro vai resultar numa futura parceria para projetos, como também na vinda dos acadêmicos de EF da Uniplac para participar do Congrega”, adianta.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...