ANO: 25 | Nº: 6399
02/02/2019 Cidade

Voluntários e parceiros do projeto Construindo com Amor visitam obras da Casa da Menina

Foto: Jaqueline Muza/ Especial JM

A gerente de marketing da Obino, Liliane Ferrarelli, as voluntárias Gisele Camponogara e Carolina Gehres, junto à arquiteta responsável pelo projeto, Carine Savino
A gerente de marketing da Obino, Liliane Ferrarelli, as voluntárias Gisele Camponogara e Carolina Gehres, junto à arquiteta responsável pelo projeto, Carine Savino

Na manhã de segunda-feira, parceiros do projeto Construindo com Amor visitaram a obra de reforma da Casa da Menina, instituição mantida pela Fundação Attila Taborda. Além de funcionárias do Hospital Universitário, que realizaram um brechó de forma voluntária para arrecadar fundos, também estiveram no local os empresários Cléo Coelho e Mari Dalla Rosa Necchi e a coordenadora de Marketing da rede Obino, Liliane Ferrarelli.

As obras iniciaram em novembro de 2018, com a verba arrecadada no jantar beneficente de aniversário da Casa da Menina, cerca de R$ 12 mil. Mas para atender ao projeto integral, a Campanha conta com a participação de pessoas físicas e jurídicas, que realizam doações de material de construção e mobília.

O projeto, desenvolvido pela Coordenadoria de Infraestrutura e Meios da Urcamp, prevê a reforma dos dormitórios, separando as meninas, por faixa etária, em três quartos. No primeiro, ficará o berçário, com crianças até cinco anos; no segundo dormitório, ficam as meninas entre seis e 12 anos; e o terceiro abrigará adolescentes de 13 e 18 anos. A obra também deve modernizar o banheiro do local.

Solidariedade e trabalho voluntário garantiram novas camas

Após o incêndio da Galeria Kalil, em novembro de 2017, uma das lojas mais afetadas, a Bebê e Cia., acionou a seguradora. Nos casos de sinistro, as empresas devem dar uma destinação específica para os produtos afetados. Como muitas peças ainda estavam em condições de uso, Coelho contatou, então, a proprietária da loja, Mari Dalla Rosa Necchi, e solicitou que as peças fossem doadas para alguma entidade beneficente.

Assim, cerca de 60 sacolas, equivalendo a mais de R$ 75 mil em produtos, foram doados para o Hospital Universitário, visando um brechó solidário. As funcionárias da instituição de saúde, Carolina Gehres e Gisele Camponogara, realizaram uma triagem das peças ainda em condições e as lavaram.

Carolina conta que as roupas foram colocadas à venda em um brechó solidário, que arrecadou R$ 8,5 mil, dos quais R$ 1,5 mil foram doados para a Casa do Guri. Os outros R$ 7 mil foram utilizados para comprar 16 camas para dois dormitórios da Casa da Menina.

"A tristeza de um pode se tornar a felicidade de outro. As peças não podiam ser vendidas pela loja, mas ainda estavam em condições de uso. Então elas foram usadas para ajudar outras pessoas", destacou.

Retribuindo à comunidade

A coordenadora de Marketing das lojas Obino, Liliane Ferrarelli, representou a rede na ocasião. A empresa foi a responsável pela doação de oito berços dois-em-um, que podem ser utilizados, também, como camas, conforme a necessidade. "Esta é uma forma que temos de retribuir todo o carinho que recebemos da comunidade de Bagé", destaca Liliane.

É importante destacar que a comunidade pode continuar auxiliando na campanha, realizando a doação de qualquer quantia de material. Os produtos estão listados na ASM Materiais de Construção, com valor diferenciado. Entre os itens da lista, destacam-se piso laminado para os dormitórios, piso cerâmico para banheiro e área de circulação, além de azulejos e louças. A intenção da arquiteta da Urcamp e idealizadora da Campanha, Carine Savino, é entregar a obra finalizada até março. "Ainda falta finalizar um quarto, o banheiro e a pintura", comenta.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...