ANO: 24 | Nº: 6163
06/02/2019 Esportes

São Gabriel: otimismo por um ano melhor

Foto: Katega Vaz/Especial JM

Goleiro Anderson tem passagem pela dupla Ba-Gua
Goleiro Anderson tem passagem pela dupla Ba-Gua
A 11 dias do início da Divisão de Acesso, os torcedores anseiam ainda mais pelo retorno das "peleias" do interior. Pensando nisso, o jornal Minuano inicia, a partir de hoje, uma série, com os sete adversários do Bagé, no grupo B da Divisão de Acesso. A primeira reportagem abordará o São Gabriel, que duelará com o jalde-negro na estreia. Em março, a coluna fará o mesmo com os adversários do Guarany, na Terceirona. Segue abaixo alguns detalhes do clube da Terra dos Marechais.

Início com título

A temporada começou positiva para o Sanga. No final de semana, o clube sediou um triangular, envolvendo Inter-SM e São Borja. Na estreia, venceu o São Borja, por 3x2. E na segunda rodada, após empate por 2x2, no tempo normal, bateu o Inter-SM, nos pênaltis, e sagrou-se campeão. Para o analista de desempenho do São Gabriel, Flávio Sallas, ainda são necessárias algumas correções até a estreia. Entretanto, aponta que o resultado é um sinal positivo. "O clube teve dois anos difíceis, brigando contra o rebaixamento. A ideia é aprender com os erros e se planejar melhor para que, em 2019, não se repitam", ressalta.
O treinador escolhido para a Divisão de Acesso foi Celso Rodrigues que, recentemente, foi auxiliar técnico na Chapecoense. Em termos de plantel, há algumas peças conhecidas do futebol bajeense, como o goleiro Anderson, ex-Guarany e Bagé, e o zagueiro Carlão, com passagem pelo jalde-negro, em 2018. No ataque, uma das referências é Fischer, que foi destaque, nas últimas temporadas, pelo Gaúcho.
Repórter da rádio RBC, de São Gabriel, Uilian Pacheco relata que o torneio teve como finalidade observar os futuros adversários. "Na primeira partida, contra o São Borja, foi um jogo equilibrado. No detalhe, conseguiu a vitória, com um golaço de falta do Maldonado. Na segunda partida, a equipe não apresentou um grande futebol, como na primeira. O Inter-SM se impôs, tanto que esteve a frente, no marcador, por duas vezes. O empate só veio na bola parada e o título, nas penalidades. Certamente, o técnico Celso Rodrigues sabe onde estão as falhas e deverá trabalhar para corrigi-las", opina.
O time-base do São Gabriel tem Anderson, Selton, Carlão e Icaro; Artur, Paulo Vitor, Patrick e Santos; Kadu, Leandro e Fischer.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...