ANO: 25 | Nº: 6236
09/02/2019 Cidade

Novo padre será empossado, neste domingo, na Paróquia Auxiliadora

Foto: Divulgação

Amor pelo escotismo durou mais de 30 anos
Amor pelo escotismo durou mais de 30 anos
O novo pároco da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora e diretor institucional do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, Tarcísio Luís Brasil Martins, será empossado, em missa festiva, pelo bispo Dom Cleonir Paulo Dalbosco, neste domingo, às 19h. O bajeense chegou ao município na quinta-feira, vindo de Porto Alegre.

O religioso, que tem 72 anos, foi coordenador, por 30 anos, de vários grupos de escoteiros em Bagé e em outros municípios do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Na Rainha da Fronteira, esteve à frente da Paróquia São Pedro. O padre salientou que terá como desafio atender à escola. "Ontem, conversei com os professores e agora pretendo conhecer a realidade da paróquia e as pessoas que dirigem as pastorais", comenta.

O padre Tarcísio foi ordenado em 15 de dezembro de 1974, em Bagé. O lema escolhido para seu sacerdócio foi "Para anunciar a todos a alegria sempre nova do Cristo Senhor Ressuscitado!" Em 2014, o religioso celebrou, em Bagé, 50 anos de vida consagrada na família salesiana e 40 anos de ordenação.

O pároco comenta que sua vocação surgiu ainda criança e, aos 15 anos, ingressou no seminário. Ele tem formação em Teologia e Filosofia, mas nunca dirigiu uma instituição de ensino. "Estou feliz, mas um pouco assustado. É bom voltar para casa, mas Jesus já dizia que ninguém profeta na própria terra", destaca.

A vinda do religioso se deu após várias tratativas e a organização da comunidade de Nossa Senhora Auxiliadora, copadroeira de Bagé. No ano passado, segundo divulgado, havia um impasse sobre a manutenção da paróquia pelos salesianos, devido à falta de padres. Na ocasião, foi realizada uma moção de apoio e houve uma mobilização da comunidade.

O bajeense salienta que, pelo menos até o final do ano, permanece na paróquia, mas não sabe como será nos próximos anos. Segundo ele, neste ano, a paróquia completa 90 anos da construção e a festa de Nossa Senhora Auxiliadora deverá ser um pouco diferente. "Iremos construir junto à comunidade", comenta.

O ex-diretor institucional do colégio, e que respondia interinamente pela paróquia, padre Ademar Urbainski, foi transferido para Viamão.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...