ANO: 25 | Nº: 6335
09/02/2019 Fogo cruzado

Voos, IGP e ônibus: as pautas de Divaldo junto ao Estado

Foto: Reprodução JM

Solicitações foram entregues ao chefe da Casa Civil, Otomar Vivian
Solicitações foram entregues ao chefe da Casa Civil, Otomar Vivian
Ao longo desta semana, o prefeito de Bagé, Divaldo Lara, voltou a cumprir agendas específicas, em Porto Alegre, junto ao governo do Rio Grande do Sul. Na principal tratativa, por assim dizer, realizada junto ao chefe da Casa Civil do Estado, Otomar Vivian, pautas como a retomada dos voos comerciais entre a capital gaúcha e a Rainha da Fronteira dominaram as conversas.
Quando a rota aérea, a expectativa é grande há tempos. Até porque, na atualidade, há duas empresas interessadas em iniciar as operações, a Two Flex, subsidiária da Gol Linhas Aéreas, e a Azul Linhas Aéreas. Em um decreto do Estado, há incentivos para empresas se instalarem no Rio Grande do Sul, entre eles o de ICMS. Entretanto, o decreto cita apenas as concessionárias. A comitiva solicitou reedição do texto, incluindo também as subsidiárias.
Acompanhado pela secretária de Educação e Formação Profissional, Adriana Lara, e pelo presidente da Assembleia Legislativa, Luís Augusto Lara, a reunião de Divaldo com Vivian ocorreu na quinta-feira. Conforme a assessoria do prefeito, foram protocolados três pedidos: um deles solicitando celeridade na implementação do Instituto Geral de Perícias (IGP) em Bagé, que conta com área do Estado permutada e projetos arquitetônicos viabilizados pela prefeitura.
Quanto aos veículos escolares, de acordo com o Executivo, foram apresentados registros fotográficos de 17 vans em condições desfavoráveis para uso. Na sequência, então, Adriana solicitou que Bagé seja contemplada com 20 ônibus novos - 17 para substituição, além de três adicionais.
"Temos nos reunido praticamente todos os dias para tratar importantes pautas, é só atravessar a rua", disse Vivian ao final da agenda, em fala direcionada para Luís Augusto. Já Divaldo avaliou a agenda de forma positiva. "Todas as pautas tratadas são muito importantes para nossa região. Acreditamos que essa proximidade com o governo do Estado e sua sintonia com a Metade Sul sejam extremamente positivas para Bagé e para nossos municípios vizinhos", avalia.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...