ANO: 24 | Nº: 6158
11/02/2019 Cidade

Artesão viaja de bicicleta para conhecer o interior do RS e o Uruguai

Foto: Divulgação

Souza trabalha com pedras e cordas
Souza trabalha com pedras e cordas

Há três semanas, um artesão popular, Leandro Souza dos Santos, de 32 anos, saiu de Rio Grande, de bicicleta, para conhecer sua terra natal, Dom Pedrito. O artista, que vive de sua arte e traz na bagagem uma barraca, fogareiro e o celular que posta seu trabalho, vai, aos poucos, de cidade em cidade. Nesta semana, ele esteve em Bagé.
Santos conta que aprendeu o oficio há cerca de três anos, quando largou a profissão de Técnico de Planejamento, em uma empresa de Rio Grande. Ele relata que não lembra da sua infância em Dom Pedrito, onde nasceu: foi adotado por uma família de Rio Grande. O artesão concluiu o Ensino Médio e até iniciou a faculdade de Engenharia de Produção, mas optou por outro rumo. “Decidi largar tudo e sair pelo mundo de bicicleta. É libertador”, disse.
O artista trabalha com a técnica de macramê e está aprendendo a utilizar outros materiais, como o arame. Os colares com pedra são confeccionados na hora, a gosto do cliente. De temperamento calmo, ele conversa com as pessoas e vai tecendo os cordões no entorno de pedras e conchas que utiliza. “Não conhecia Bagé e pretendo ficar dois dias por aqui e depois seguir viagem”, relata.
Desde que saiu de Rio Grande, o artesão passou por Pelotas, onde permaneceu por uns dias, Pinheiro Machado, Candiota e Hulha Negra. Em Bagé, parou na Praça dos Esportes e pernoitou no Albergue Municipal. Daqui, parte para Dom Pedrito, onde pretende conhecer, seguindo viagem pelo interior do Estado e, depois, partir para o Uruguai.
Seu trabalho e detalhes da viagem podem ser acompanhados pelo Instagram: atelie_da_paz, e no Facebook: @ateliedapaz.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...