ANO: 25 | Nº: 6311
14/02/2019 Segurança

Motorista de ambulância envolvida em acidente poderá responder por lesão corporal

No dia 1ª de fevereiro, uma ambulância da Secretaria Municipal de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência sofreu um acidente na BR-153, em Hulha Negra. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a ambulância estava trafegando de Porto Alegre em direção a Bagé quando ocorreu o sinistro.
Conforme o titular da 2ª Delegacia de Polícia Civil, delegado André de Matos Mendes, que está investigando o caso, a apuração será através de inquérito. “O condutor, por estar com a CNH suspensa, poderá responder por lesão corporal, aos feridos no acidente, mas ainda é necessário averiguar todos os aspectos do fato”, concluiu.
A prefeitura, à época do acidente, emitiu uma nota informando que a ambulância era do Tratamento Fora do Domicílio (TFD) e que retornava de Porto Alegre. O motorista e outras três pessoas ficaram feridos e, conforme informações da Secretaria de Saúde, todos foram encaminhados para exames.
Conforme a PRF, o motorista da ambulância informou aos policiais que perdeu o controle do veículo em razão de pane mecânica. Ele foi submetido ao teste do etilômetro, que não apontou a ingestão de álcool. Por outro lado, segundo divulgado pelo órgão de segurança, em consulta aos sistemas de monitoramento, os policiais constataram que o condutor estava com a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) suspensa. Consta que ele teve a habilitação recolhida e a ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA).

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...