ANO: 25 | Nº: 6460
15/02/2019 Fogo cruzado

Claudio Coutinho é o novo presidente do Banrisul

Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

Governador disse que escolha pelo economista é estratégica para os planos do Estado
Governador disse que escolha pelo economista é estratégica para os planos do Estado
O governador Eduardo Leite anunciou, na manhã de ontem, que Claudio Coutinho será o novo presidente do Banrisul. Em entrevista coletiva no Palácio Piratini, chefe do Executivo gaúcho ressaltou que a escolha para o cargo é estratégica para os planos do governo, já que o economista tem uma trajetória que une conhecimento sobre os setores público e privado.

"Consideramos o banco importante para a economia do RS e a nossa escolha da nova diretoria leva em consideração o compromisso com o controle do Banrisul pelo governo do Estado, e a necessidade de sustentabilidade do negócio e tudo que está envolvido em termos de riscos. Isso exige uma gestão que dê competitividade no mercado e que dê segurança aos acionistas e, ao mesmo tempo, como um banco estatal, tem uma missão importante de ajudar no desenvolvimento do Rio Grande do Sul. Por isso, buscamos um nome que, ao mesmo tempo, atendesse a essa visão de mercado e o desenvolvimento do estado", ressaltou Leite.

O novo presidente do banco destacou que atuará para reforçar as operações mais rentáveis do Banrisul, como a do varejo e de cartões, e que também dará atenção especial a três áreas. "Teremos um olhar diferenciado para aprofundar operações que já estão em desenvolvimento, mas que têm potencial para ampliação. Isso passa pelo incentivo ao financiamento de investimentos, principalmente na área de infraestrutura, apoio às exportações e ao agronegócio, sempre observando a rentabilidade e o risco condizentes ao banco", explicou Coutinho.

O novo gestor do Banrisul acrescentou que sua missão passa pelo reforço das operações do banco em todas as regiões do Estado. “Estar nas menores cidades e por todos os cantos é uma das fortalezas do Banrisul e, por isso, nossa meta é nos mantermos perto, utilizando da tecnologia para sermos eficientes, mas sem deixarmos de estar presentes em todo o Interior”, acrescentou.

Ao lado do vice-governador, Ranolfo Vieira Júnior, e dos secretários chefe da Casa Civil, Otomar Vivian, e da Fazenda, Marco Aurélio Santos Cardoso, o governador aproveitou para parabenizar o Banrisul pelos resultados financeiros de 2018. Divulgados na terça-feira, os números mostram evolução nos principais indicadores financeiros, entre os quais, aumento de 20,3% no lucro líquido recorrente – que chegou a R$ 1,09 bilhão, maior valor em 90 anos de história. “Vamos dar todo o suporte para que o banco, que é saudável, que dá lucro e tem uma boa governança, consolide e amplie sua participação no mercado”, concluiu Leite.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...