ANO: 25 | Nº: 6386
18/02/2019 Editorial

Exemplo de coletividade


Ao longo deste final de semana que passou, uma parcela dos moradores do bairro Dois Irmãos, em Bagé, deu uma verdadeira demonstração de trabalho social que, atingindo seu objetivo, beneficiará toda uma coletividade. Entendendo que a escola municipal fixada na localidade precisava de algumas melhorias, tal grupo, ao invés de cobrar ações imediatas do setor público, como é de praxe e mesmo entendível, optou por arregaçar as mangas e colaborar de sua maneira.
A ação, que abrangeu desde a limpeza do pátio da instituição de ensino, a Nossa Senhora das Graças, consistiu, também, numa faxina no ambiente interno e outras medidas pontuais. E tudo com uma meta bem simples: garantir condições para que os estudantes, que retornam às salas de aula nesta semana, encontrem um espaço adequado para a aprendizagem. Não obstante, o grupo ainda busca novos colaboradores, para trabalhos que exijam certo conhecimento, como na parte elétrica.
O fato é que a ação, muito mais que demonstrar interesse em beneficiar os futuros alunos, expôs a busca por cuidados de um patrimônio que é de todos. Sim, a escola do bairro Dois Irmãos, assim como qualquer outra da rede pública municipal, ou mesmo estadual, não é de gestores, mas, neste caso, dos próprios bajeenses. Todos os serviços ali oferecidos, como estrutura ou recursos humanos, são custeados pela população, por meio de impostos e, portanto, seu funcionamento a pleno é uma obrigação.
Ainda assim, a opção dos que se esforçaram e decidiram, por conta própria, contribuir um pouco mais com a instituição atendida no final de semana representou algo a mais: o entendimento de que o exemplo de coletividade pode mudar realidades, e para melhor. Aliás, tais aspectos não são ou foram algo inédito. Países mais desenvolvidos já demonstraram que esta característica pode trazer benefícios importantes, seja pelo simples embelezamento de um ambiente ou mesmo em medidas que estimulem uma transformação social consistente e definitiva.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...