ANO: 25 | Nº: 6360

José Artur Maruri

josearturmaruri@hotmail.com
Colaborador da União Espírita Bajeense bagespirita.blogspot.com.br
23/02/2019 José Artur Maruri (Opinião)

Acendamos a luz da vida

"Curai os enfermos, erguei os mortos, purificai leprosos, expulsai daimones; de graça recebestes, de graça dai". (Mateus 10:8)
"Ressuscitai os mortos" – disse- nos o Senhor – mas se é verdade que não podemos ordenar a um cadáver se levante, é justo tentemos o reavivamento daqueles que nos acompanham, muitas vezes, mortificados pela dor ou necrosados pela indiferença.
Não nos esqueçamos.
Os verdadeiros mortos estão sepultados na carne terrestre.
Alguns permanecem no inferno do remorso ou do sofrimento criados por eles mesmos, acreditando-se relegados a supremo abandono; outros jazem no purgatório da aflição a que se arrojaram, desprevenidos, em dolorosas súplicas de auxílio; e ainda outros repousam, inadvertidamente, em supostos céus de adoração religiosa, que, em muitos casos, são simples faixas de ociosidade mental.
Aguçai a visão e observemos a infortunada caravana de fantasmas que seguem, vacilantes e enganados, dentro da vida.
Há quem morreu sufocado em orgulho vão, no mausoléu da vaidade infeliz.
Há quem permaneça cadaverizado em sepulcro de ouro, incapaz de um simples olhar à plena luz.
Há mortos que vos partilham o pão cotidiano, no túmulo das terríveis ilusões que lhes anulam a existência e há corações paralíticos no catre da crueldade e da incompreensão que nos armam ciladas de angústia, a cada passo, para os quais se faz imprescindível a assistência de nossa devoção fraternal infatigável.
Se Cristo penetrou o templo de vossa alma, auxiliemo-los na necessária ressurreição.
Acendamos a luz da vida.
Trabalhemos no bem, enriquecendo as horas da peregrinação terrena com os melhores testemunhos de nossa boa vontade para com os semelhantes em nome do Mestre da Redenção, para quem o nosso espírito já se inclina, à maneira da planta à procura de sol, de vem que somente irradiando a luz do Amor infinito conseguiremos aniquilar e vencer, na Terra, as densas trevas da morte".

(Referências: "O Evangelho por Emmanuel". Comentários ao Evangelho Segundo Mateus. Coordenação de Saulo Cesar Ribeiro da Silva. Editado pela Federação Espírita Brasileira no ano de 2017. p. 336-337)

José Artur M. Maruri dos Santos
Trabalhador da União Espírita Bajeense
Comente: josearturmaruri@hotmail.com

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...