ANO: 26 | Nº: 6526
23/02/2019 Cidade

Bioma em foto

Foto: Lize Helena Cappellari/EspecialJM

Exemplar da foto foi fotografado no município de Bagé, pela professora do Curso de Ciências Biológicas da Urcamp, Lize Helena Cappellari
Exemplar da foto foi fotografado no município de Bagé, pela professora do Curso de Ciências Biológicas da Urcamp, Lize Helena Cappellari
A tachã ou tarrã (Chauna torquata) é uma ave anseriforme da família Anhimidae, natural das regiões da Argentina, Uruguai e Bolívia até a região Sul do Brasil. Possui altura média de 80 centímetros e peso em torno de 4 quilos, vivendo em áreas alagadas. Apresenta corpo, pernas e pés grandes em relação à cabeça, pequena e com um penacho na nuca. O pescoço é contornado por uma gola negra e possui um esporão vermelho no cotovelo da asa, visível quando está pousada ou voando, não sendo utilizado como arma de ataque, servindo para comunicação entre as tachãs.
Alimenta-se de folhas de plantas aquáticas, capim, gramíneas, artrópodes e qualquer pequeno animal morto que encontre. O casal faz um ninho de folhas, entre o brejo. A fêmea põe de 2 a 3 ovos brancos e o casal reveza-se na incubação, com duração de aproximadamente 45 dias. Os filhotes saem do ninho logo após o nascimento e recebem os cuidados do casal durante 3 a 4 meses.
Para saber mais sobre essa ou outras espécies da flora e fauna do Bioma Pampa, entre em contato com o Curso de Ciências Biológicas da Urcamp, pelo telefone (53) 3242 8244, ramal 212.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...