ANO: 25 | Nº: 6334
23/02/2019 Segurança

Draco e PRF apreendem mais de R$ 1 milhão em produtos com sinais de falsificação

Foto: Divulgação

No final da manhã de ontem, agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) e da Polícia Rodoviária Federal de Bagé realizaram a apreensão de milhares de produtos com características de falsificação, oriundos de São Paulo, com destino a Aceguá e ao Uruguai. Conforme o titular da Draco, delegado Cristiano Ritta, a carga vale mais de R$ 1 milhão. 

Segundo repassado à reportagem, as investigações começaram no início do ano, quando a Polícia Civil descobriu uma rede de comerciantes brasileiros e uruguaios que viajava, semanalmente, até São Paulo, onde compravam grandes quantidades de produtos falsificados, para serem revendidos na fronteira ou no interior do país vizinho.

Os policiais acompanharam a chegada dos ônibus e localizaram o depósito das mercadorias. Em um dos locais, no bairro das Laranjeiras, logo após a chegada do ônibus, um intenso fluxo de brasileiros e uruguaios se formou no local. Eles retiravam pacotes e saiam com destinos diversos. Uma das equipes dos policiais estava na rodovia que liga Bagé a Aceguá e iniciou as abordagens dos veículos.

Durante a fiscalização BR, os policiais localizaram um outro ônibus, que trafegava com destino a Aceguá. Na abordagem, foi encontrado o bagageiro lotado de produtos com as mesmas características de falsificação. O delegado Cristiano Ritta informou que a ação integrada da Draco e da Polícia Rodoviária Federal faz parte do plano operacional e de integração para coibir os crimes cometidos na fronteira com o Uruguai. Essa é a segunda grande ação realizada na fronteira, desde o início deste ano.

Os produtos apreendidos serão encaminhados para perícia. Todas as pessoas envolvidas foram ouvidas e responderão ao processo em liberdade.

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...