ANO: 25 | Nº: 6378
25/02/2019 Cidade

Indústria de glóbulos inertes se aproxima de operação

Vislumbrada ainda em 2017, a indústria destinada a produzir, em Bagé, esferas de açúcar, utilizadas em remédios homeopáticos, se aproxima da conclusão da obra e já produz resultados na geração de empregos do município. A construção da sede, localizada na antiga Casa do Produtor, está em andamento há cerca de um ano e encontra-se em estágio avançado.
Segundo o empresário, Juan José Gregorine, o produto deve atender demandas de diversos países. "Vamos ampliar a produção, podendo atender pedidos do Brasil, Uruguai e Argentina. Porém, já temos a possibilidade de ampliar a exportação para o Paraguai e Bolívia", diz Gregorine.
De acordo com ele, a empresa que atua no Uruguai e na Argentina, produz cerca de cinco toneladas por mês. Em Bagé, a meta é ampliar a produção para 20 toneladas mensais. O produto atende demandas para a produção de homeopatia humana, veterinária e agrícola e deve abrir vagas para o mercado de trabalho na indústria para a produção de glóbulos inertes. Porém, diz ele, a adequação estrutural do local que receberá a fábrica, já gera empregos.
O pedreiro Sérgio Rezende Nascimento, de 60 anos, trabalha há um ano na obra e comemora o emprego formal. "Eu trabalhava por conta em obras e até em limpeza de pátio. Hoje com a carteira assinada estou muito melhor, tenho o desconto e o salário certinho no final do mês. Fazia 40 anos que eu não assinava carteira, estou muito feliz", comenta o trabalhador.
O secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Bayard Paschoa Pereira, comenta que esta é mais uma grande conquista do município "Desde o início da gestão, trabalhamos com o objetivo de atrair novos investimentos para a cidade. Esta é mais uma grande conquista, pois muitos já foram os avanços na nossa cidade, que hoje lidera na geração de empregos entre os municípios da região, graças a este esforço em buscar alternativa, trazendo novas empresas e fortalecendo as empresas locais", comentou.
Bayard ressalta ainda que a vinda do empreendimento contou com a participação direta do vice-prefeito Manoel Machado que, junto ao prefeito Divaldo Lara, se empenhou para a instalação da indústria. "O empreendimento tem um significado emblemático por tratar-se de uma indústria e nós precisamos fortalecer a cultura industrial na nossa região", concluiu.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...