ANO: 25 | Nº: 6405
26/02/2019 Cidade

Atividades do grupo Mulheres Artistas de Bagé iniciam no dia 7 de março

Foto: Antônio Rocha

Grupo é composto por artistas de diferentes segmentos
Grupo é composto por artistas de diferentes segmentos
O fazer artístico desenvolvido por mulheres bajeenses é o centro vital de um novo movimento que surge na cidade: Mulheres Artistas de Bagé. O grupo congrega representantes de todos os segmentos para atividades que iniciam em março e se estendem até novembro.
O trabalho musical desenvolvido exclusivamente por mulheres já faz parte da realidade da musicista, compositora e cantora, Kika Simone. Após atuar por oito anos em Buenos Aires, compondo e atuando em um selo fundado por ela para atender mulheres argentinas (SNTS - Solistas No Tan Solas), ela, atualmente, participa como curadora da Argentina no Festival Internacional de Compositoras Sonora Festival Internacional de Compositoras, que engloba a participação de 16 países.
"Bagé é uma cidade de muito talento artístico, tem muita gente fazendo trabalhos incríveis, principalmente fora da cidade e no exterior. Nas minhas passadas de Buenos Aires, Bagé e Porto Alegre, senti falta de mais mulheres no palco. E a MAB surge para dar o poder para as mulheres artistas assumirem seu poder individual, fortalecendo sua representatividade, sororidade e colaboração do papel de todas", explica.
Kika destaca que a ideia do grupo é lançar luz sobre o trabalho desenvolvido por mulheres bajeenses que foi conhecendo ao longo de sua trajetória artística. Participam do MAB musicistas, escritoras, artistas visuais, atrizes, designers gráficas, performistas, tatuadoras e dj's. "Minha ideia inicial, com o MAB, era catalogar, ver quem é quem, quem faz o que, e fazer um bom registro de atividades durante o ano" explica.
As primeiras ações do grupo iniciarão em uma data significativa: dias 7, 8 e 9 de março, como parte integrante da programação do Dia Internacional da Mulher. Mas as ações não devem parar por aí, já que a programação deve ter continuidade até novembro. "Vamos fazer, uma vez por mês, um evento fomentando essas artistas locais, junto a artistas convidadas que virão de Porto Alegre, Montevidéu e Buenos Aires", destaca.
O grupo e os eventos de março contam com o apoio da Casa Pitanga, Mr Broa Hamburgueria e Ekospharma.
Programação
Dia 7 de março
- Oficinas na Casa Pitanga, das 18h às 20h: Lápis-lazúli com Ana Paula Caneda (capacidade 10 crianças); Oficina de escrita criativa com Giuliana Bruni (capacidade 15 pessoas); Carto/Foto/Graphia com Luiza Brasil (capacidade 15 pessoas);
- Sarau das Escritoras Bajeenses no pub BH 1320, a partir das 20hs: Aline Fontoura de Leon; Cleuza Silveira; Gladis Veloso Deble; Giuliana Bruni; Isadora Paiva Espinosa; Maria Conceição Rosa Dos Santos; Vera Pinto Vigil; Performance com a bailarina Caroline dos Santos Pinheiro; Música Experimental com Kika Simone.
Dia 8 de março
- Oficinas na Casa Pitanga, das 18h às 20h: Introdução a YOGA com Cássia R Gonçalves; Prática Vocal com Cibele Ambrozzi;
- Mulheres da Música Bajeense no pub BH 1320, às 20h: Cheisa Rodrigues Goulart; Cibele Ambrozzi; Cibele Sá Martinez; Kika Simone; Luiza Mello; Mila Centena; Azeite de Olívia; Vau Sousa.
Dia 9 de março
- Rua fechada na Casa Pitanga, das 14h às 22h, com oficina de Performance com Kiim Paz, shows ao vivo, dança, artesanato, gastronomia, saúde.
- A programação ainda está aberta e o contato para mais informações podem ser feitos através do telefone (48) 991920661, e-mail mulheresartistasbage@gmail.com ou, ainda, através das redes sociais Facebook e Instagram @mulheresartistasdeBage.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...