ANO: 26 | Nº: 6527
26/02/2019 Esportes

Dispensas, chegadas e reunião fechada: a agitada segunda-feira no Pedra Moura

Foto: Digue Cardoso/Especial JM

Pablo é novo reforço
Pablo é novo reforço
As turbulências pós-derrota para o Lajeadense não se limitaram apenas ao sábado à noite no estádio Pedra Moura. Com a equipe na lanterna do grupo A, totalmente ao oposto do que a direção planejava antes de iniciar a competição, o Bagé corre riscos de não passar para os mata-matas se não houver uma mudança drástica dentro do ambiente do clube. Depois da troca da comissão técnica, foi a vez do grupo de jogadores. Ontem pela manhã, a direção confirmou a dispensa de quatro atletas.
Alegando "indisciplina", foram liberados os goleiros Gil Grando e Hayran, o lateral esquerdo/volante Jaime e o atacante Luiz Eduardo. E não descartadas outras saídas, nos próximos dias.
Por outro lado, também há as chegadas. Com a saída de dois goleiros, restou apenas Thiago. Com isso, a direção agilizou-se e acertou a contratação do goleiro Pablo, que estava no Aimoré. O jogador estava atrás de Marcelo Pitol e Lúcio, na hierarquia. Já no Bagé, terá a chance de jogar uma Divisão de Acesso praticamente inteira. Tal fator foi fundamental para que topasse o compromisso no Pedra Moura.
Repórter do jornal VS, de São Leopoldo, Matheus Beck relata que Pablo foi titular do Índio Capilé, em 2018, na Copa do Brasil, Divisão de Acesso e Copa Wianey Carlet. Com 26 anos, é um jogar em evolução. "Tenho visto uma boa evolução dele nos treinos. É um bom goleiro no mano a mano. Debaixo das traves tem bons reflexos. Porém, apresentou um pouco de dificuldade para jogar com a bola nos pés e na bola aérea, apesar de ser muito alto (1m 97cm). Mas para o Acesso, é um jogador que serve bastante", ressalta.

"Temos que acabar com essas fofocas", diz técnico

Na derrota para o Lajeadense, o técnico Márcio Nunes reclamou sobre o pouco tempo que teve para treinamento com o grupo. Foram apenas dois testes para os dois jogos na semana. E para o jogo contra o São Paulo de Rio Grande, amanhã, às 20h, no estádio Aldo Dapuzzo, a situação não é tão diferente disso. Por conta desse pouco intervalo, ontem à tarde, diretores, comissão técnica e jogadores tiveram uma reunião fechada de 40 minutos dentro do vestiário, a fim de esclarecer todos os impasses ocasionados no dia a dia.
"Temos que acabar com essas fofocas de bastidores, de que um jogador brigou com comissão técnica, de que tem gente influenciando na escalação. Não esperávamos uma derrota no sábado, mas, ao mesmo tempo, não foi surpresa. Não tenho, ainda, um padrão de jogo. Também há atletas que ainda não deram a resposta que se espera deles", salienta.
Por conta das duas derrotas consecutivas, Nunes adianta que, mais uma vez, promoverá mudanças no time que enfrentará o São Paulo, amanhã. A escalação deve ser definida no treino de hoje à tarde. Quanto às dispensas, o treinador afirma que a decisão partiu da direção. Além da chegada de Pablo, em breve, mais três jogadores que atuam na série A do Gauchão devem reforçar o elenco.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...