ANO: 25 | Nº: 6381
26/02/2019 Campo e Negócios

Primeira etapa da Prova de Avaliação a Campo é encerrada em Bagé

Foto: Reprodução JM

Dois lotes foram julgados por representantes da ABHB
Dois lotes foram julgados por representantes da ABHB
Bagé sediou, na manhã da sexta-feira passada, dia 22 de fevereiro, a avaliação fenotípica dos 30 animais das raças Hereford e Braford participantes da Prova de Avaliação a Campo (PAC), realizada pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), em parceria com a Embrapa Pecuária Sul.
Divididos entre dois lotes, os exemplares foram julgados pelo trio de inspetores técnicos credenciados pela ABHB, Jacques Leston, José Antônio Correa Filho e Leonardo Corrêa, que também é o responsável técnico pela Prova. A avaliação, que classificou os reprodutores de acordo com o seu padrão e conformidade racial, marca o encerramento da primeira etapa da PAC 2018/2019.
Antes do resultado final, os tourinhos ainda serão submetidos a outra bateria de testes que engloba a avaliação de aspectos como fertilidade, gordura subcutânea e ganho de peso, além do Teste de Eficiência Alimentar (TEA).
De acordo com Aldo Tavares, presidente do Conselho Deliberativo Técnico (CDT) da Associação, o resultado das avaliações e o estado dos animais são bastante satisfatórios. "Pelo trabalho que vem se fazendo junto aos criadores, e com a ABHB dando uma maior visibilidade ao teste, nesta edição contamos com touros de melhor padrão. Outro ponto importante foi a correção das pastagens, o que garantiu um Ganho Médio Diário (GMD) de mais de 900 gramas. Entre as três possibilidades de avaliação (candidatos à dupla marca, padrão e descarte), não obtivemos nenhum exemplar depreciado, além de um grande número de candidatos à dupla marca'', destaca.

Análise dos inspetores

Para Leonardo Corrêa, esta foi a melhor edição da prova. "Dentro das condições que nós temos, os resultados foram muito bons. Como começou mais cedo, os animais aproveitaram melhor as pastagens de inverno, e o GMD deve se manter, mesmo com a chegada da seca”, avaliou. Quem também classificou como satisfatória esta edição, foi José Antônio Correa. "Este lote Braford é bem mais uniforme em relação aos animais das edições anteriores, mas em ambas as raças havia no mínimo dois animais que se destacavam positivamente’’, comentou. Já Jacques Leston salientou a adaptação dos participantes. "São dois lotes muito parelhos entre si, mas o Braford me pareceu mais adaptado ao ambiente. Ainda assim, temos animais muito bons na raça Hereford, e a tendência é que saiam bons touros daqui e que os criadores possam aproveitar muito bem esta genética".

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...