ANO: 25 | Nº: 6335
27/02/2019 Segurança

Agentes de inteligência contam com ferramenta de análise de vínculos para investigações

Durante três dias, integrantes de inteligência e de corregedorias da Polícia Civil, Brigada Militar, Susepe, Corpo de Bombeiros e Detran participam do curso Analista de Inteligência, na Secretaria da Segurança Pública do RS. São 30 horas de capacitação, destinada a ensinar os participantes a utilizar um software que reúne a base de dados dos órgãos vinculados. O curso é ministrado por instrutores da própria pasta estadual e desenvolvedores do produto.
A ferramenta busca otimizar o trabalho de inteligência das instituições. O sistema, apresentado para 25 alunos, trabalha com análise de vínculo - por exemplo, de indivíduos, empresas, veículos e telefonia. Além de permitir a rápida identificação de suspeitos, o programa cruza dados oferecendo, aos investigadores, um panorama completo da localização e histórico do indivíduo. O software também emite alerta de ocorrências envolvendo investigados.
Segundo o diretor do Departamento de Inteligência da SSP, Delegado Emerson Wendt, o software vai facilitar o trabalho de inteligência e investigação criminal, como também a prevenção e repressão de crimes.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...