ANO: 25 | Nº: 6353
28/02/2019 Esportes

Andriani Padilha se manifesta sobre condições físicas do Bagé

Foto: Yuri Cougo Dias

Profissional foi demitido após a estreia
Profissional foi demitido após a estreia
Devido às recentes declarações da nova comissão técnica e do meia Souza, sobre os problemas físicos da equipe, durante as partidas, o preparador físico Andriani Padilha, demitido após a estreia, junto do técnico Michel Neves e do auxiliar Rogerinho, procurou a reportagem do jornal Minuano para expor seu ponto de vista. Para ele, o principal problema é a gestão.
"São 42 dias de trabalho colocados fora em 10, por causa de uma gestão. Estávamos em plena evolução. Na pré-temporada, empatamos, em casa, com o Cerro Largo, time que venceu o Danúbio e o Defensor, recentemente, pelo campeonato uruguaio. Contra o Novo Hamburgo, perdemos por 1 a 0, porém, no segundo tempo, tivemos várias chances de sair com a vitória. Inclusive, três jogadores que atuaram naquele jogo-treino foram escalados como titulares na partida subsequente do Gauchão, pelo técnico Bolívar. Tínhamos coisas a melhorar, mas estávamos no caminho", contextualiza.
Em relação à estreia contra o São Gabriel, embora o adversário tenha saído na frente, Padilha sustenta o argumento de que o Bagé teve força para correr atrás do resultado e, por pouco, não saiu com vitória, com bola na trave no final do jogo. "Ainda carecíamos de ritmo de jogo, mas tínhamos um ambiente bom. Agora, em duas semanas, vejo falta de convicção. Num contexto físico e técnico, o ambiente influencia muito. Eles querem ter uma 'bengala para se agarrar'. Cada um tem seus critérios, mas é preciso que se observem os fatos. Troca de comando na estreia. Jogadores que eram titulares são dispensados. Não é um procedimento padrão", relata.
Sobre o meia Souza, o ex-preparador físico jalde-negro comenta que foi montado um planejamento diferenciado para que o Bagé contasse com ele durante toda a Divisão de Acesso. "Fisicamente, ele não está mal. O que pesa é a idade. Por isso, sempre teve um tratamento diferenciado, com uma carga menor de treinamentos, por questão de estratégia. Fiquei surpreso sobre ele falar da condição física dos jogadores. É um jogador experiente, portanto, sabe que a falta de um ambiente e de convicção de ideias influenciam numa partida", frisa.
Lembrando que este é o contraponto à versão de Padilha sobre o que fora especulado. Quanto à partida entre São Paulo-RG x Bagé, de ontem à noite, a cobertura pode ser acessada no site e página do Facebook do jornal Minuano.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...