ANO: 25 | Nº: 6359
01/03/2019 Luiz Coronel (Opinião)

Ideias são metais que se fundem


Tribuno - Ideias são metais que se fundem, digo eu, contrariando frontalmente o texto eloquente do tribuno maragato Gaspar Silveira Martins. Se as ideias não se fundissem, não teríamos saído da linguagem ancestral da mímica. "Ideias não são metais que se fundem" é a inscrição ao pé da estátua em louvor ao tribuno, na praça que leva seu nome, em Bagé.
Maravilhamento - A terra assume e integra em si a minúscula semente. Contida em seu silêncio, em sua úmida e feminina intimidade, gera o maravilhamento do mundo na beleza caleidoscópica das flores e na múltipla variedade dos frutos que amadurecem nos pomares e exalam seu doce aroma na tábula rasa de nossas mesas.
Constituição - Oral ou escrita, a Constituição edifica um dos mais sólidos pilares de uma nação ou torna-se uma capa reversível, que serve ao sol e serve à chuva. Na Bolívia, em tempos idos, o povo de denominou "La periódica", dada a brevidade de sua vigência. A disponibilidade para sucessivas emendas faz da Constituição uma colcha de retalhos, lona de circo mambembe.
Praça Esporte - "A infância é a verdadeira pátria de um homem", escreveu Balzac. Posso estar na Piazza San Marco, de Veneza, mas, verdadeiramente, lá no fundo, sou a Praça Esporte, de minha cidade natal. Ainda escuto nas noites frias e desertas do inverno os ferros dos balanços soluçando, intermitentes.
Erudição - Ser culto, ter recebido a sabedoria conferida pelos livros, pelos pensadores, se nos conferiu humildade, grandeza humana, é uma das mais valiosas conquistas a ser alcançada. Porém, se lacrou em nossa alma soberba, arrogância, alto-relevo, passamos a expressar uma falsa cultura, pois tais posturas distanciam as pessoas, em vez de aproximá-las. Conheci pessoas com precária escolaridade, no entanto sábias no pensar, agir, decidir. Convivi com letrados, dos quais me fiou gravada a nítida impressão de estar ente pessoas egoístas, plenas de piedade retórica. A erudição, nestes casos, não passava de uma alegoria superposta à vaidade.
Brisa do entardecer - Se os sentimentos individuais são tresloucados o que se possa dizer da emoção coletiva? Substituímos deuses como quem troca às meias. Nos estádios, urramos por taças que estarão vazias poucas semanas após a vitória. O que guardamos em nós não configura uma escolha pessoal. São caricias, pontapés, encontros e despedidas. Corremos contra o tempo como quem se entrega a ventania, mas juramos que as horas, os dias e as décadas são penas brisa do entardecer sobre nosso rosto.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...