ANO: 25 | Nº: 6233
15/03/2019 Esportes

Jaime assina com Guarany mediante liminar na justiça

Foto: Yuri Cougo Dias

Jogador permanecia vinculado ao Bagé
Jogador permanecia vinculado ao Bagé
Após duas semanas de treinamentos e dois jogos-treinos, o meia-campista Jaime, pode, agora, ser considerado jogador do Guarany. Isso porque o atleta ingressou com uma reclamatória trabalhista contra o Bagé, com um pedido de liminar, para que rescindisse com o clube. O advogado responsável foi o especialista em Direito Esportivo, Diego Segredo Blanco.
“Jaime foi dispensado no dia 24 de fevereiro, no final de semana do jogo contra o Lajeadense. Na segunda-feira, ele passou, no clube, para receber. Porém, prometerem ao atleta que o pagamento seria feito no dia 7 de março, ainda dentro do prazo de 10 dias para pagamento da rescisão. Conforme aviso prévio, Jaime compareceu no dia 7, porém, o clube não contava nem com o dinheiro, nem com a rescisão. Portanto, ele permanecia, ainda, com vínculo com Bagé. Assim, ingressamos com reclamatória trabalhista e uma liminar para rescisão, que foi expedida na quarta-feira. Agora, o processo segue, em relação às pendências financeiras”, detalha Blanco.
Com a definição judicial, Jaime pode, enfim, assinar contrato com o Guarany, que estreia no dia 23, contra o 12 Horas, às 15h, no Estádio Antônio Magalhães Rossell. Procurado pela reportagem, o presidente do Bagé, Rafael Alcalde, apenas desejou sucesso para a nova jornada de Jaime em sua carreira.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...