ANO: 24 | Nº: 6184
15/03/2019 Campo e Negócios

Pesquisa destaca potencial da oliveira da variedade Picual

Foto: Paulo Lanzetta/Embrapa

Azeite obtido através da variedade possui sabor doce e suave
Azeite obtido através da variedade possui sabor doce e suave
A cultivar de oliveira Picual possui ciclo precoce e é destinada para a produção de azeite, devido a sua adaptação em diferentes condições de clima e solo. A planta apresenta um fruto de peso médio (2 a 4g) e sua maturação ocorre desde março até o inicio de abril. É o que comprova uma pesquisa desenvolvida pela Embrapa Clima Temperado.
A equipe de pesquisa se dedica à Produção Integrada (PI) ao utilizar um sistema baseado em boas práticas agropecuárias. O sistema garante alimentos mais seguros, com bom rendimento e qualidade do azeite, principalmente para o consumo humano. Essas características são encontradas na variedade Picual, que  possui elevado rendimento de azeite (≥ 16%) e alto índice de estabilidade (podendo ser armazenado por, aproximadamente, 12 meses).
O azeite obtido através da variedade possui sabor doce e suave, picante e, ao mesmo tempo, agradável, excelência potência aromática com notas de erva verde recentemente cortada e fruta madura, sendo indicado para pratos marinados e crus, e também para cozinhar, pois traz aos alimentos sensações culinárias.
A cultivar Picual faz parte da cadeia produtiva da olivicultura, que se consolidou como uma alternativa para diversificação da matriz produtiva agrícola da região. A Embrapa Clima Temperado estará participando da oitava Abertura Oficial da Colheita da Oliva no Rio Grande do Sul, atividade que marca o início da colheita, que será realizada hoje, no município de Formigueiro.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...