ANO: 25 | Nº: 6335
18/03/2019 Cidade

Sem previsão para instalação da 4ª Vara Cível de Bagé

Foto: Antônio Rocha

Estrutura foi criada por lei específica, em 2016
Estrutura foi criada por lei específica, em 2016
Encarada como alternativa para agilizar processos e ampliar o acesso ao Judiciário, a implantação da 4ª Vara Cível de Bagé, criada por lei específica (junto à 4ª Vara Judicial de Farroupilha), em 2016, ainda não tem prazo para ocorrer. A instalação é tratada com cautela, conforme informação confirmada, por meio de nota, pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS).
Proposta pelo Judiciário, a legislação, aprovada pelos deputados estaduais, previa que as comarcas de entrância intermediária contariam com toda a estrutura funcional para o desenvolvimento da atividade jurisdicional, com seis cargos de Oficial Escrevente e três cargos de Oficial de Justiça para cada nova vara.
Por meio de nota, a juíza-corregedora Rosana Broglio Garbin, explica que, 'embora aprovada por lei, a instalação tem impacto financeiro que precisa ser considerado'. “O Tribunal de Justiça está em período de implantação de sistema digital na área cível, com vistas à agilização do andamento processual, e que implicará em reestrutura do sistema de trabalho, impondo cautela nas decisões de instalação de novas unidades”, adianta.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...