ANO: 25 | Nº: 6353
21/03/2019 Esportes

Bagé perde pênalti no final e empata com Guarani-VA

Foto: Yuri Cougo Dias

Jalde-negro caiu para quarto lugar
Jalde-negro caiu para quarto lugar

O Bagé teve a chance de dormir na liderança do grupo A da Divisão de Acesso. Em disputa equilibrada os, até então, líder e vice-líder, o jalde-negro ficou no empate sem gols com o Guarani de Venâncio Aires, hoje à noite, no Estádio Pedra Moura. Porém, o torcedor foi embora para casa com a sensação de que poderia ter comemorado a vitória. Aos 41 minutos da segunda etapa, o meia Danilo desperdiçou um pênalti, com um chute no travessão. Com a vitória do Lajeadense e São Paulo, o Abelhão caiu para o quarto lugar, com 14 pontos. Agora, o próximo desafio será diante do Cruzeiro, em Cachoeirinha, domingo, às 16h.

O jogo

O Guarani-VA teve três chances durante os 90 minutos. Mas a mais perigosa delas foi logo começo. Aos cinco minutos, Juninho avançou pela direita e arriscou de fora da área. Porém, o goleiro Pablo, que teve sua primeira oportunidade para iniciar como titular, estava atento e fez grande defesa. Aos 19, o Bagé tentou o mesmo com Gustavoo Nogy, só que pelo lado esquerdo, também causando perigo à meta adversária.
Numa disputa direta pela ponta da tabela, ambos os times apresentavam muita entrega dentro de campo e não abriam mão de atacar. Com a forte marcação no meio, a alternativa era jogar pelos lados. Aos 37, o Bagé teve nova boa chegada com Fernandinho, que recebeu cruzamento na meia-lua, matou no peito e arrematou perto da meta. Aos 45, Maicon Santana fez o pivô e chutou em cima do goleiro Villa. Na sobra, o centroavante recebeu cruzamento e cabeceou por cima do gol.
Na etapa complementar, com poucos minutos, Maicon Santana recebeu entrada dura e saiu machucado. Bernardo entrou no seu lugar. Em busca da liderança, grande parte da posse de bola pertencia ao Bagé, porém, tinha dificuldades de atravessar o bloqueio adversário. O último susto do Guarani foi aos 31 minutos, em cobrança de falta de Cristiano. Porém, novamente, Pablo demonstrou segurança e espalmou para fora.
A insistência jalde-negra foi contemplada com uma pênalti a favor, aos 40 minutos, devido à toque de mão do zagueiro Saulo. Era a chance de assumir a liderança do grupo. Porém, Danilo, na cobrança, acertou o travessão, trazendo um balde de água fria nas arquibancadas do Estádio Pedra Moura. Aos 49, Bernardo ainda teve boa oportunidade, porém, o goleiro Villa fez um “milagre”. Final: 0 a 0.

FICHA TÉCNICA
BAGÉ 0X0 GUARANI-VA
Estádio Pedra Moura
Divisão de Acesso – 9ª rodada

BAGÉ - Pablo, Darlem, Sílvio, André e Rafinha Carletti; Matheus Damasceno, Cris Magno (Rogerinho), Fernandinho (Danilo), Gustavo Nogy e Maranhão; Maicon Santana (Bernardo). Técnico: Márcio Nunes.
GUARANI-VA – Villa, Sampson, Leozão, Saulo e Bruno; Augusto, Oscar, Cristiano, Yuri Souza (Índio) e Juninho; André. Técnico: Leocir Dall’Astra.
ARBITRAGEM – Peterson Regert, auxiliado por Juarez de Mello Júnior e Fábulo Diniz. Quarto árbitro, Maurício Dalé Granato e delegado, Paulo Camacho.
AMARELOS – Sílvio e Matheus Damasceno (Bagé); Sampson, Cristiano e Índio (Guarani-VA)

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...