ANO: 25 | Nº: 6330

Marcelo Rodríguez

marcelo.errebe@gmail.com
Acadêmico de Jornalismo da Urcamp
22/03/2019 Caderno Ellas

turismo Região das Missões: os sete povos

Foto: Halley Pacheco de Oliveira/Especial JM

A distância entre a Região das Missões e a Rainha da Fronteira é de entre 450 km e 490 km, aproximadamente.
A distância entre a Região das Missões e a Rainha da Fronteira é de entre 450 km e 490 km, aproximadamente.

Esse é o nome que se deu ao conjunto de sete aldeamentos indígenas fundados pelos jesuítas espanhóis na região do “Rio Grande de São Pedro”, hoje Rio Grande do Sul. Os famosos Sete Povos das Missões correspondem, hoje, a seis municípios. Em São Luiz Gonzaga, ficavam as reduções São Lourenço Mártir e São Luiz Gonzaga. Em São Nicolau, estava São Nicolau do Piratini. Em Entre-Ijuís, localizava-se São João Batista. Em Santo Ângelo, havia a redução Santo Ângelo Custódio. Em São Miguel das Missões, encontrava-se São Miguel Arcanjo. E, em São Borja, situava-se a redução São Francisco de Borja.

Os sinais deixados pelos Sete Povos das Missões foram fortes e permanecem em forma de ruínas, marcas arquitetônicas, fronteiras, costumes e lendas da região. Suas relíquias ainda podem ser vistas nos sítios arqueológicos e nos museus regionais. Sua importância é digna da atenção da Unesco. As distâncias entre estas cidades e a Rainha da Fronteira são de entre 450 km a 490 km, aproximadamente.


São Borja


A cidade foi constituída sobre as estruturas da redução de São Francisco de Borja, especificamente onde está hoje a igreja e a Praça Matriz. Nesta última, estão as chamadas “pedra cupim”, utilizadas na redução. Blocos de pedra das ruínas também foram utilizados como material de construção durante as edificações de casarões.


São Nicolau


Foi fundada em 1626 e refundada em 1687. No sítio arqueológico, conjunto de ruínas remanescentes da redução, restam partes do piso original, do cabildo, da igreja, da adega e do sistema de esgoto. Há objetos encontrados nas escavações arqueológicas e informações sobre o local.


São Luiz Gonzaga


O município está localizado onde haviam duas reduções. Da primeira, que deu nome à cidade, não há mais vestígios. Mas da outra, São Lourenço Mártir, ainda há parte da igreja, do cemitério, do colégio e o espaço da quinta da antiga redução. Na portaria, existe uma exposição de objetos encontrados em escavações.


São Miguel das Missões


As ruínas da redução de São Miguel Arcanjo são as mais conservadas e constituem o mais importante sítio arqueológico de sua natureza no Estado. Ele é reconhecido pela Unesco como Patrimônio da Humanidade. Boa parte da catedral está preservada.  A cruz missioneira e o sino seguem praticamente intactos.


Entre-Ijuís


O sítio arqueológico da redução de São João Batista abriga restos da estrutura do cemitério, da igreja e do colégio, além de estruturas complementares como olarias, barragem e estradas. Em todo o sítio podem ser observadas peças esculpidas em pedras grês. Placas contam a história a partir de cartas escritas pelos padres da época.


Santo Ângelo


A atual Igreja Matriz da cidade foi construída em cima das ruínas da igreja anterior. Hoje, existem várias janelas cobertas, protegendo os fragmentos da redução, conhecidas como Museu a Céu Aberto, mas as antigas paredes e muralhas que compunham a missão se resumem ao que está no interior do Centro Histórico.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias do caderno

Outras edições

Carregando...