ANO: 25 | Nº: 6358
01/04/2019 Editorial

Feito de histórias

O jornalismo é uma atividade dinâmica, em seu âmago. Do ponto de vista técnico, a capacidade de adaptação às mudanças também marca a trajetória do Jornal MINUANO como veículo de comunicação. Ao longo de 25 anos, diferentes processos foram assimilados ao cotidiano de todos os setores, especialmente na redação, transformando lógicas produtivas sem alterar a essência: o foco em Bagé e região. Desde o dia 1º de abril de 1994, nossas principais pautas são as histórias.
A relação do MINUANO com a comunidade é marcada pela proximidade. Vivemos as emancipações de Candiota, Hulha Negra e Aceguá; retratamos os reflexos econômicos e sociais alimentados pela construção de usinas termoelétricas a carvão, pela expansão das atividades de uma planta frigorífica e pela criação de free shops; reportamos curiosidades, metamorfoses, projetos e peculiaridades que representam a Rainha da Fronteira. Crescemos através do compromisso com a evolução, oferecendo, como contribuição, a credibilidade da informação. E esta conexão é reconhecida.
A função de descrever os acontecimentos através de textos e fotos, consagrada à atividade jornalística, encontra, no MINUANO, dimensões particulares, construindo laços históricos com os leitores. É integrando rotinas, com significados específicos para cada interlocutor, seja no hábito matinal do produtor rural Ary Brinhol Jardim ou no arquivo do advogado Roberto Hecht Jr, que exercitamos, desde a primeira edição, a discussão de demandas, a divulgação de pesquisas, estatísticas e serviços, e caminhamos unidos na direção do desenvolvimento.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...