ANO: 25 | Nº: 6283
08/04/2019 Segurança

Família é mantida atada e com saco na cabeça em Hulha Negra

Um morador de um assentamento em Hulha Negra comunicou à polícia, que, às 23h30min, de sexta-feira, estava em um mercadinho, ao lado de sua residência, ao qual é proprietário, quando, de repente, surgiu um indivíduo dizendo que queria um refrigerante. Prontamente, o dono do estabelecimento foi buscar o produto. Quando voltou, foi surpreendido por mais dois homens armados, que entraram em sua residência. Os acusados amarraram a vítima, taparam as cabeças de sua esposa e neta e começaram a revirar a casa. Minutos depois, outros dois criminosos adentraram na residência e, segundo ele, a todo o momento o chutavam, exigindo que entregasse o dinheiro.
Após cerca de 40 minutos, conforme a vítima, os criminosos saíram e levaram cerca de R$ 300, um revólver calibre 38, uma espingarda calibre 38, uma motocicleta, uma caminhonete, quatro celulares, um notebook, uma TV 49 polegadas, uma jarra elétrica, máquina de serrar carne, perfume, 10 pacotes de cigarro, facas e 50 litros de gasolina. Antes de irem embora, os criminosos prenderam as vítimas no banheiro e ordenaram que só saíssem do local no dia seguinte, pois estariam sendo vigiados. Porém, a família conseguiu arrombar a porta e escapar do local. Por fim, o proprietário do mercado relata que o primeiro homem que apareceu já tinha comparecido ao estabelecimento no dia anterior.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...