ANO: 25 | Nº: 6383
11/04/2019 Cidade

Obra em cabeceiras de pontes do Passo das Tropas é retomada

Foto: Tiago Rolim de Moura

Obra é vislumbrada há mais de 35 anos
Obra é vislumbrada há mais de 35 anos
A obra de implantação de cabeceiras para garantir acesso às pontes suspensas junto ao Passo das Tropas foi retomada esta semana. A melhoria iniciou em julho do ano passado e foi paralisada, temporariamente, em fevereiro, devido às fortes chuvas registradas no mês anterior.
Conforme o secretário de Desenvolvimento Rural, Cléber Zuliani Carvalho, a terra que está sendo colocada no local é, em parte, proveniente da nova Estação de Tratamento de Água. Ele explica que para concluir a cabeceira está aguardando o término da colheita de soja. "Após a finalização, teremos que interditar o trecho por 15 dias para terminar a cabeceira", comenta.
O trabalho em questão consiste na adaptação da área em torno das estruturas, construídas ainda na década de 1980, mas, até a atualidade, sem terem sido utilizadas. Até agora, o município já havia realizado a drenagem do terreno em torno da primeira ponte, além da abertura de bueiros e colocação de encanamento de esgoto misto (sanitário e pluvial), realizada pelo Daeb.
Carvalho informa que a intervenção junto a outra ponte existente no mesmo trecho ainda não tem previsão para ocorrer. Ele ressalta que a pasta está estudando como será realizada a obra, visto que a estrutura é "muito mais alta e o arroio mais forte". Segundo o secretário, a estrada tem um intenso movimento e diminui o caminho entre o bairro São Judas e avenida Santa Tecla.
De acordo com um morador da região, Luís Sérgio de Freitas Simões, 20 anos, que passa frequentemente no local a cavalo, a estrutura deve melhorar o trânsito. Ele comenta que, quando nasceu, a ponte estava no local e sua mãe lhe falava que, desde sua adolescência, aguardava pela conclusão da obra. "Irá diminuir o trajeto para outros pontos da cidade", ressalta.
A obra, vislumbrada há mais de 35 anos, tem o objetivo de diminuir o tráfego de caminhões e veículos pesados na região central do município, além de servir como ligação alternativa entre a Santa Tecla e a zona leste da cidade.

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...