ANO: 25 | Nº: 6382
11/04/2019 Cidade

Prefeitura abre processo para contratação de fonoaudiólogos

Foto: Tiago Rolim de Moura

Currículos devem ser entregues na sede administrativa da Secretaria de Saúde
Currículos devem ser entregues na sede administrativa da Secretaria de Saúde
por Gabriel Munhoz
Acadêmico de Jornalismo da Urcamp

A Secretaria de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência lançou, esta semana, um processo para contratação de três fonoaudiólogos para trabalhar na Saúde Auditiva e no Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil (CAPS I). A iniciativa, de acordo com o governo, visa beneficiar os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) que têm distúrbios de fala e audição, oferecendo serviços especializados, testes auditivos para adultos e atendimento a pacientes com sequelas de comprometimento motor facial, entre outros.

Os profissionais estão sendo procurados para fortalecer o atendimento nas áreas de atuação devido ao pedido de exoneração de dois funcionários da rede. Atualmente, a saúde conta com três profissionais atendendo, dois na saúde auditiva e um no Posto de Atendimento Médico (PAM I). "Devido à saída de profissionais que estavam nessa área e à grande demanda reprimida que o município ainda tem para esse atendimento, faz-se necessária essa contratação, que vai permitir que esse atendimento beneficie toda comunidade que necessita dessa especialidade", informa o secretário de Saúde, Mário Mena Kalil.

Em virtude da urgência na contratação, o processo deve ocorrer o mais breve possível, para que os profissionais já comecem a exercer suas funções no mês de maio. O contrato é no molde emergencial, com validade de um ano. Os fonoaudiólogos selecionados devem começar a trabalhar assim que a entrega de currículos e a avaliação forem finalizadas. Além da formação na área, é necessária experiência comprovada de um ano no exercício da profissão. É preciso, ainda, a experiência em fonoaudiologia pediátrica, pois o profissional que trabalhar no CAPS I irá desenvolver e estimular a linguagem, assim como trabalhar a parte motora e funções orais e globais de crianças.

Para as três vagas, o salário oferecido é de cerca de R$ 1.999,71, com carga de 30 horas semanais cada. Os profissionais deverão entregar seus currículos até o dia 30 de abril, diretamente na sede administrativa da Secretaria de Saúde, na rua Vinte de Setembro, 1216, das 8h às 14h.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...