ANO: 25 | Nº: 6362
12/04/2019 Segurança

Concurso para Guarda Municipal está em processo administrativo

Anunciado pelo prefeito de Bagé, Divaldo Lara, na semana passada, o concurso para a criação da Guarda Municipal está em trâmites burocráticos, conforme relatou, ontem, o secretário municipal de Segurança e Mobilidade, Luís Diego Soares.

De acordo com ele, o processo está na Secretaria Municipal de Economia, Finanças e Recursos Humanos (Sefir). "Este concurso irá sair junto a outros concursos que o município irá realizar. Estamos no suporte de subsídios e informações, mas ainda está em processo administrativo", ponderou.

Soares, à reportagem, recomendou que interessados em prestar o concurso estudem a lei municipal 5875, aprovada em dezembro de 2017, pelo Legislativo, e sancionada pelo atual chefe do Executivo, em 8 de janeiro de 2018, disponível clicando aqui. "Ali tem muitas informações, como valor do salário, requisitos para quem pode prestar concurso", complementa o titular da SSM, ao frisar: "Estudar bastante para quando ocorrer já estar com o conhecimento".

Determinações

A lei determina que o concurso pode ser desenvolvido em etapas, com provas e títulos e prova de aptidão, mediante testes físicos e exames médicos. A legislação também assegura, aos servidores ocupantes de cargo na carreira de Guarda Civil de Bagé, a progressão horizontal a cada três anos de efetivo exercício.

Os guardas civis receberão pagamento do adicional por risco de vida no valor correspondente a 80%, calculado sobre o salário básico da classe inicial, que será incorporado à remuneração após o recebimento do mesmo cinco anos consecutivos ou 10 anos intercalados pelo efetivo exercício da atividade.

Para portarem arma de fogo, os integrantes da Guarda Civil deverão ser submetidos a avaliações periódicas, a cada dois anos, incluindo exames toxicológicos.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...