ANO: 25 | Nº: 6208
16/04/2019 Cidade

Feira do Peixe Vivo acontece na quinta-feira

Foto: Suelen Delabari/Especial JM

Cerca de 20 empresas e produtores participarão do evento
Cerca de 20 empresas e produtores participarão do evento
por Nadine Posqui
Acadêmica de Jornalismo da Urcamp

A edição de 2019 da Feira do Peixe Vivo deve reunir em torno de 20 empresas de comércio e produtores de Bagé. A expectativa é de que seja comercializada mais de meia tonelada de peixe vivo, além de frescos, congelados e pratos prontos, que serão uma novidade neste ano. O evento, que aconteceu no Calçadão nos anos anteriores, vai utilizar o largo do Centro Administrativo como ponto de comercialização, na quinta-feira, a partir das 8h.
Este ano, a feira deve incluir empresas da cidade que possuem nos pescados a centralidade de seus negócios. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Bayard Paschoa Pereira, o evento simboliza o empreendedorismo dos pequenos produtores, constituindo um atrativo cultural e turístico para a cidade. "Proporciona visibilidade e prestígio ao pequeno produtor, que tem a oportunidade de melhorar a comercialização de peixes em uma data especial, como a Sexta-feira Santa", destaca.
O produtor Vanderlei Caldeira, que expõe todos os anos na feira, conta que a ideia é estimular para que novos produtores se interessem a criar e comecem a produzir para as próximas edições. Ele ressalta que, só no ano passado, conseguiu seis mil reais na venda dos peixes, o que traz estímulo e ajuda na sua renda.
A singularidade da feira são as espécies de carpas, que poderão ser encontradas em quatro exemplares: capim, húngara, cabeça-grande e prateada, além da oferta de traíra. Os animais possuem tamanho adequado para esse tipo de comercialização, normalmente a partir de três quilos.
De acordo com Bayard, o objetivo é multiplicar o volume de vendas registrado nas edições anteriores. "Fortalecer o segmento de pescados é uma meta no município, desde o ano passado. Queremos que o segmento avance, pois ainda há um consumo pequeno de peixe na cidade. Temos uma preocupação com a qualidade nutricional da população e estimular esse tipo de comércio é um dos nossos objetivos", enfatiza. O evento acontece em parceria com o Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...