ANO: 25 | Nº: 6208
16/04/2019 Cidade

Hulha Negra aguarda fiscalização da Caixa para continuação da obra da rodoviária

Foto: Divulgação

Execução foi retomada ano passado
Execução foi retomada ano passado
A Prefeitura de Hulha Negra entregou, na quinta-feira passada, as últimas modificações dos projetos complementares da construção da rodoviária do município para a Caixa Econômica Federal. Amanhã, um técnico da instituição financeira deve realizar a fiscalização no local para, então, liberar a realização do processo licitatório destinado à conclusão do terminal.
Conforme o secretário municipal de Obras, Serviços Públicos e Trânsito, Wagner Tavares, o projeto foi retomado no ano passado e a prefeitura realizou a concretagem da lage, contrapiso e as canaletas de espera para a parte elétrica. "Essa foi a contrapartida da prefeitura", disse.
O titular da pasta explica que foram feitas adaptações nos projetos arquitetônico, elétrico e hidráulico da estrutura, visando melhor acessibilidade ao público. A equipe do governo também realizou adequações na planilha orçamentária e no memorial descritivo da obra, para que a instituição financeira liberasse os recursos de uma emenda de R$ 300 mil, destinada à obra pelo deputado federal Afonso Hamm, do Progressistas.
De acordo com o cronograma da conclusão, após a liberação da Caixa, a obra deve levar cerca de nove meses para ser finalizada. A atividade está orçada em, aproximadamente, R$ 400 mil, através da emenda já mencionada, com contrapartida do Executivo.
A construção do terminal rodoviário de Hulha Negra iniciou em 2011, durante o antigo mandato do atual prefeito de Hulha Negra, Renato Machado, do Progressistas. Segundo o secretário, após a troca de mandato, o governo que assumiu em 2012 não deu andamento ao projeto.
Com a volta de Machado, em 2017, e o posterior retorno de Tavares, como titular da secretaria, a obra voltou a ser debatida pelo Executivo e foi retomada o ano passado.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...