ANO: 25 | Nº: 6385
17/04/2019 Cidade

Em fase de testes, biometria facial no transporte público depende de regulamentação

Foto: Tiago Rolim de Moura

Sistemas analisam detalhes do rosto de passageiros
Sistemas analisam detalhes do rosto de passageiros
O processo para implantação da biometria facial nos veículos do transporte público em Bagé se encontra em fase de testes e depende da publicação de um decreto para ser regulamentado. A documentação, segundo o secretário municipal de Segurança e Mobilidade Urbana, Luís Diego Soares, está sendo finalizada e valerá para todos os veículos responsáveis pelo serviço na Rainha da Fronteira, tanto da empresa Anversa quanto da Stadtbus.
Conforme o gerente da Stadtbus, Alexandre Solari, a biometria facial já está instalada em toda a frota, sendo que a mesma está fase de testes e adequação do sistema. O gerente informa que o equipamento representa uma modernização no serviço e permitirá maior segurança ao evitar fraudes, dando transparência para quem utiliza o benefício de gratuidade do transporte público, seja ela 100% ou 50%.
Solari salienta que o benefício para os passageiros será o reflexo deste controle na hora de fazer o cálculo de reajuste tarifário. "Com esse controle, evitando fraudes, teremos uma tarifa justa para quem paga. Hoje é difícil o controle para saber se quem está utilizando é realmente a pessoa cadastrada e com direito ao benefício", reconhece.
O representante da empresa também ressalta que o novo sistema não bloqueia o usuário na hora da utilização e também preserva a obrigatoriedade na posse do cartão. "Ele (usuário) receberá um aviso em casa, de que seu cartão será bloqueado e que deve comparecer no Consórcio do Transporte Coletivo de Bagé (CTC) para regularizar a sua situação", informa o gerente, o qual salienta que está sendo elaborado um calendário junto à secretaria, para recadastramento dos beneficiários.

Linhas
Em Bagé, a Stadtbus opera um total de 12 linhas, sendo duas rurais. Os itinerários englobam os trechos Malafaia/Damé, União, Industrial, Camilo Gomes, Pedra Branca, Stand, Floresta, São Pedro UPA, Passo das Pedras, Urcamp (campus rural), Olhos D'água e Pedra Grande.
Já a Anversa conta com 10 linhas, com duas rurais. Os itinerários são Ivo Ferronato/Unipampa x Arvorezinha, Cohab x Tiarajú (Via Aeroporto), São Domingos, Madezatti, Morgado Rosa, Prado Velho, Ivone, Circular, Bento Rengo e Serrilhada.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...