ANO: 25 | Nº: 6282
17/04/2019 Cidade

Nova licitação do estacionamento rotativo deve ocorrer até maio

Foto: Tiago Rolim de Moura

Instalação de parquímetros integrará certame
Instalação de parquímetros integrará certame
A Prefeitura de Bagé trabalha no projeto do processo licitatório destinado para a contratação de uma empresa que fará o monitoramento do estacionamento rotativo. A expectativa, segundo o secretário de Segurança e Mobilidade Urbana, Luís Diego Soares, é concluir os trâmites para que o certame seja feito até o final de maio. Enquanto isso, o rotativo continua em funcionamento, sendo que as 800 vagas distribuídas em 37 quadras estão sendo fiscalizadas por agentes de trânsito.
Soares garante que a fiscalização segue normalmente e quem não estiver respeitando e arriscando colocar o veículo por mais tempo que o permitido poderá ter seu carro recolhido, além de ser autuado. "Sempre se faz essa confusão. A fiscalização sempre foi feita pelos agentes de trânsito da prefeitura. O monitoramento, que era apenas a questão de controlar o tempo e informar para a fiscalização, quem fazia eram os monitores da empresa", explica.
A licitação deve ser realizada em regime de concessão onerosa, pela qual a empresa vencedora pagará um percentual para controlar as vagas disponibilizadas em vias e logradouros. A concessão do estacionamento rotativo foi aprovada pela Câmara de Vereadores, em outubro de 2017.
A ideia da concessão é modernizar o serviço, através de um aplicativo de celular, e implantar parquímetros, através de moedas ou cartão magnético pelos quais a pessoa poderá utilizar créditos direto no equipamento e site, além da compra diretamente com os monitores ou ainda no comércio. A empresa vencedora ficará responsável por todo o serviço, inclusive a contratação dos monitores e sinalização das áreas azul e verde.
Desde abril de 2017, o serviço de monitoramento foi terceirizado, mas o Executivo continuou realizando a manutenção, implantação de placas e compra dos cartões. Com a concessão, a prefeitura passará a receber um percentual pelo serviço sem ônus.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...