ANO: 25 | Nº: 6431
19/04/2019 Esportes

No dia em que completa 112 anos, Guarany enfrenta o Sapucaiense

Foto: Tiago Rolim de Moura

Alvirrubro é líder da chave pelo saldo de gols
Alvirrubro é líder da chave pelo saldo de gols
Para um clube que é o quarto mais antigo no Rio Grande do Sul e o 13º no Brasil, nada mais apropriado que comemorar seu aniversário de 112 anos em campo. Pela quarta rodada da Terceirona, os comandados de Vanderson Pereira enfrentam o Sapucaiense, às 15h30min, no Estádio Antônio Magalhães Rossell, em busca de mais três pontos para se garantir na ponta. Mais cedo, às 14h, os juvenis de ambas as equipes fazem a preliminar. Os ingressos estarão à venda nas bilheterias a partir das 14h30min, no valor de R$ 30. A cadeira custa R$ 50. A meia-entrada para idosos, mulheres e estudantes (com apresentação de carteira da UNE, Ubes ou Uges) custa R$ 15 . O acesso ao estádio será feito de duas formas: portão um, na rua Padre Abílio Sponchiado (torcida em geral); portão dois, na rua Gaspar Silveira Martins (sócios, convidados e imprensa).
Para o confronto desta Sexta-feira Santa, o treinador alvirrubro fará algumas modificações, em relação ao empate com o Rio Grande. Na lateral direita, sai Caça-Rato e entra Josué, que estava na função de primeiro volante que, agora, será exercida por Baggio. Na defesa, Roger ganha chance, no lugar de Igor. No ataque, Andrei segue como titular. E Itamar entra na vaga de Robinho. Também há a volta de Kevin, que foi desfalque contra o Rio Grande para tratar o púbis. Um provável time tem Eder, Josué, Roger, Diego Rocha e Kevin; Baggio e Jaime; Diego Vianna, Maykson, Itamar e Andrei.
Quanto ao centroavante Leandro Rodrigues, trazido do São Gabriel, a tendência é de que sua estreia aconteça na próxima rodada, contra o Real, em Tramandaí. Um dos motivos foi a alteração do regulamento na Terceirona. Podem ser relacionados apenas três jogadores acima de 24 anos ou que tenham entrado em campo numa divisão superior. No Guarany, quatro se enquadram nesse contexto: o zagueiro Diego Rocha, o meia Jaime, o atacante Andrei e Leandro Rodrigues. Ou seja, sempre um deles ficará de fora. “Muitas vezes, um deles ficará de fora por causas naturais, como cartões ou lesões. Do contrário, faremos um revezamento, conforme a necessidade tática de cada jogo. O Leandro será uma peça fundamental nos momentos decisivos. Por isso, precisamos que ele esteja em boas condições. Ele já tem 37 anos e veio de um desgaste de final de primeira fase do São Gabriel”, argumenta Pereira.

Novo preparador físico
Após a saída do preparador físico Mariel Mees para o Barra-SC, a direção já tem o seu substituto. Trata-se de Fabrício Traczinski. Natural de São Gabriel, o profissional conquistou, em 2019, a terceira divisão paranaense pelo Nacional, de Rolândia. A previsão era de que chegasse em Bagé ontem à noite.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...