ANO: 26 | Nº: 6575
27/04/2019 Fogo cruzado

Prefeito afirma que será preciso devolver R$ 4 milhões para retomar obra da barragem

Foto: Tiago Rolim de Moura

Prefeitura trabalha na retomada do empreendimento desde 2017
Prefeitura trabalha na retomada do empreendimento desde 2017
Em entrevista à rádio Pop Rock, o prefeito de Bagé, Divaldo Lara, do PTB, destacou, ao apresentar balanço de uma agenda cumprida em Brasília, que o município deve devolver, à União, mais de R$ 4 milhões. A devolução é uma condição para a retomada da obra da barragem da Arvorezinha.
Divaldo explicou, na sexta-feira, que a comitiva bajeense recebeu o relatório final, com apontamentos sobre o empreendimento. “O governo federal, através da Controladoria-Geral da União (CGU), está cobrando da cidade de Bagé, para que possamos retomar a obra. É mais um grande obstáculo a ser vencido”, definiu.
O petebista não detalhou o relatório, mas reforçou que os recursos deverão ser devolvidos por que ‘foram mal utilizados no governo passado’. A agenda, em Brasília, foi acompanhada pelo diretor do Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb), Graciano Aristimunha Pereira.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...