ANO: 25 | Nº: 6384
29/04/2019 Cidade

Direito da Urcamp busca parceiros para publicação de livro dos 50 anos

Foto: Divulgação/RV Social

Coordenador do curso, Vaz busca histórias e fotografias de egressos e ex-professores para a publicação
Coordenador do curso, Vaz busca histórias e fotografias de egressos e ex-professores para a publicação

Um dos mais tradicionais da Urcamp, o curso de Direito celebra 50 anos de fundação em 2019. E essa data especial será celebrada com uma série de atividades durante o ano. Entre elas, destaca-se a publicação de um livro contando a trajetória destas cinco décadas, acompanhado de um minidocumentário, que leva para frente das câmeras o prestígio e as histórias de quem participou deste meio século de atividades.
Os responsáveis pelo livro são o coordenador do curso de Direito, Heron Vaz; a coordenadora e o professora do curso de História, Clarisse Ismério, e Willian Rodrigues. As pesquisas para composição do material que fará parte do livro já tiveram início e Rodrigues é o responsável pelo levantamento de informações junto às hemerotecas do Museu Dom Diogo de Souza e do Arquivo Público Municipal.
Clarisse explica que o processo de captação de informações e depoimentos que dará corpo ao livro faz parte do projeto "Patrimônio Digital", realizado pelo curso de História da Urcamp. A ideia é resgatar a história de todas as áreas da instituição, iniciando pelo tradicional curso que celebra as cinco décadas.
Além das informações mais oficiais, destacadas nos jornais da época, a equipe busca também dar um tom mais pessoal ao livro, com depoimentos de ex-integrantes do quadro docente e egressos do curso. "Estamos fazendo uma reconstituição histórica, colhendo depoimentos de ex-professores e ex-alunos da instituição que alcançaram destaque nacional", explica Vaz.
Quem tiver interesse em contribuir com a publicação do livro, seja com cotas de patrocínio ou dividindo com a equipe alguma história curiosa ou com a cedência de fotografias, pode entrar em contato através do e-mail heronvaz@urcamp.edu.br. "Vamos nos sentir muito prestigiados se as pessoas nos ajudarem nessa grande reconstituição histórica. O curso de Direito foi feito para a comunidade de Bagé e por isso queremos envolvê-la também neste processo, contando algumas de suas histórias", destaca Vaz.
A previsão de lançamento do livro e do minidocumentário é no início de novembro, para marcar a data em que ocorreu a publicação do decreto de autorização de atividades do curso de Direito em Bagé, 18 novembro de 1969.
Com mais de quatro mil profissionais formados o curso foi fundado em novembro de 1969, nas Faculdades Unidas de Bagé - FUnBa. A primeira turma formou 48 bacharéis.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...