ANO: 25 | Nº: 6312
01/05/2019 Cidade

Maio inicia com bandeira amarela da tarifa de energia

Foto: Antônio Rocha

Neste sistema, custo para cada 100 quilowatts-hora consumidos é de R$ 1,00
Neste sistema, custo para cada 100 quilowatts-hora consumidos é de R$ 1,00
A bandeira tarifária em maio de 2019, que iniciou nesta quarta-feira, é amarela, com custo de R$ 1,00 para cada 100 quilowatts-hora consumido. O mês é caracterizado pelo início da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). Desse modo, embora a previsão hidrológica para o mês indique tendência de vazões próximas à média histórica, o patamar da produção hidrelétrica já reflete a diminuição das chuvas, o que eleva o risco hidrológico (GSF) e motiva o acionamento da bandeira amarela.

"Diante da perspectiva de que as afluências aos principais reservatórios fiquem perto da média, o preço esperado para a energia (PLD) deve permanecer próximo ao registrado nos últimos meses. O GSF e o PLD são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada", mencionou nota da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Criado pela própria Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...