ANO: 25 | Nº: 6358
04/05/2019 Cidade

Avançam trâmites para eleição do Conselho Tutelar de Bagé

Foto: Antônio Rocha

Ildamar salienta que votação pode ser feita por todos os cidadãos bajeenses com título eleitoral regularizado
Ildamar salienta que votação pode ser feita por todos os cidadãos bajeenses com título eleitoral regularizado
O processo eleitoral para a escolha do Conselho Tutelar de Bagé teve avanço nesta semana, com a homologação de 10 candidatos, cujos nomes foram deferidos na primeira etapa da seleção.
Na publicação, lançada na terça-feira, consta que outros nove nomes indeferidos terão até a próxima quinta-feira, 9 de maio, para recorrer ao resultado e participar do pleito, que ocorre no dia 6 de outubro.
A eleição é feita segundo regulamento do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Bagé (Comdica), com base na lei municipal e nos conselhos estadual e federal – Cedica e Conanda, respectivamente. De acordo com a presidente da entidade, Ildamar Silva Martinez, entre os nomes deferidos após a etapa de recursos, deverão ser eleitos cinco conselheiros e dez suplentes, sendo dois para cada titular.
A presidente destaca que uma novidade deste ano será a eleição com urnas eletrônicas. “É uma modalidade que nos ajuda neste momento, porque vai nos dar agilidade no processo eleitoral”, afirma.
Ildamar também salienta a importância da participação da população bajeense e lembra que todos que estejam com título de eleitor em dia poderão votar no processo eleitoral. “Ela não é uma eleição com voto obrigatório, mas segue todos os trâmites de uma eleição oficial”, explica.
O Conselho Tutelar é órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos e deveres definidos por Lei no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Os conselheiros escolhidos tomam posse no dia 10 de janeiro de 2020 e seguirão com os cargos até 2024.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...