ANO: 25 | Nº: 6485
06/05/2019 Segurança

Após 30 horas, Polícia Civil e BM prendem suspeitos por roubos na região

Foto: Divulgação

Trio foi responsável por assalto em Colônia Nova
Trio foi responsável por assalto em Colônia Nova

Entre a madrugada de sexta-feira e de sábado, três suspeitos por diversos roubos na região da Campanha, entre eles o de uma loja na Colônia Nova, foram presos. A ação ocorreu em uma parceria entre Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), Delegacia de Candiota, setor de inteligência e o Pelotão de Operações Especiais (POE) da Brigada Militar (BM) de Bagé. Foram necessárias 30 horas para que os suspeitos fossem detidos.
O primeiro a ser pego foi João Batista, na tarde de sexta-feira, no bairro Habitar Brasil, em Bagé. Os policiais apreenderam uma arma de fogo e recuperaram uma TV que tinha sido furtada em uma casa em Candiota.
Após pegar João Batista, a polícia prosseguiu com a operação e, na madrugada de sábado, capturou Eliel Werner e Marlon Ferreira. Ambos foram encontrados na zona rural de Candiota. Eliel, conforme o boletim de ocorrência, dias atrás, tinha efetuado disparos contra um policial. Junto deles, foram apreendidos dois revólveres, também utilizados nos crimes anteriores. Nessa segunda parte da operação, além da Draco, participaram a Delegacia de Polícia de Candiota, a 2ª Delegacia de Polícia de Repressão ao Abigeato e Crimes Rurais e Polícia Civil, setor de inteligência e POE da BM de Bagé.
Se levar em conta os materiais de Eliel e Marlon, foram apreendidos 21 cartuchos calibre 38, 23 cartuchos calibre 22, revólver calibre 22, 29 estojos, dois rádios de comunicação, um carregador de rádio, um revólver calibre 38, uma faca com bainha, um canivete, quatro celulares, duas baterias, três baletões artesanais para arma longa, quatro carregadores para celular, dois fones de ouvido, três controles de TV, quatro chaves, um isqueiro, um boné, duas bolsas e um capacete.

Foragidos
Eliel e João Batista já eram foragidos do Presídio Regional de Bagé (PRB), desde setembro de 2018, quando foi registrada uma fuga de sete presos da penitenciária local.
O trio é acusado pela prática de diversos roubos na região da Campanha. Inclusive, neste final de semana, as informações da polícia eram de que iriam cometer mais um, em uma propriedade rural. Foi assim que os policiais conseguiram detê-los.
O roubo com mais repercussão cometido pelo trio foi na Colônica Nova, em Aceguá, quando foram levados mais de 30 celulares, notebooks e outros equipamentos eletrônicos. A arma que estava com João Batista também tinha sido roubada, porém de uma propriedade em Candiota.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...