ANO: 25 | Nº: 6335
07/05/2019 Cidade

Novas câmeras de videomonitoramento serão instaladas em junho, diz secretário

Foto: Tiago Rolim de Moura

Além de ampliação do serviço, antigos equipamentos passarão por manutenção
Além de ampliação do serviço, antigos equipamentos passarão por manutenção

Desde setembro do ano passado, um contrato assinado pelo prefeito de Bagé, Divaldo Lara, prevê a renovação de todo parque tecnológico de câmeras do município, através do serviço de monitoramento da empresa Digitaltec Comércio e Prestação de Serviços Ltda. Agora, segundo o secretário de Segurança e Mobilidade Urbana, Luís Diego Soares, a empreitada, prevendo, ainda, a inclusão de nove novos equipamentos, terá início no mês de junho.

A contratação, segundo o Executivo informou na época, prevê serviço de análises e inteligência e pontos de coleta de imagens com o fornecimento de materiais, instalação, treinamento, manutenção e reposição de peças. O valor do contrato é de R$ 788.074,56 e possui quatro anos de vigência.

Segundo Soares, atualmente, existem 42 câmeras de vigilância no município, monitoradas através do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M), coordenadoria integrada à secretaria. Com o novo contrato, serão colocados mais nove pontos, não divulgados até o momento devido a questões de segurança orientadas pela Brigada Militar. "Estamos com alguns pontos que necessitam manutenção, pois estávamos sem a empresa que faz a fiscalização, mas, agora, será tudo feito por essa empresa já contratada", ressalta.

Soares ainda destaca que, há cerca de duas semanas, representantes da empresa estiveram em Bagé para realizar o levantamento técnico dos locais onde serão colocadas as novas câmeras. "Além disso, a empresa ainda vistoriou as antigas câmeras, que poderão ser consertadas, dentro do que for possível dentro do atual parque", completa.

O secretário afirma que essa é uma das demandas mais importantes em questão de segurança pública para o município, junto com a Guarda Municipal. "É o que nós podemos investir. Esta é uma das formas que a gente pode oferecer para a comunidade, em questões de segurança. Hoje, o videomonitoramento é muito importante, pois chega onde os olhos humanos não chegam. A segurança vem dependendo muito da tecnologia, então estamos muito ansiosos para oferecer um serviço diferenciado do que temos hoje, pois virão muitas inovações, para auxiliar nas investigações da Polícia Civil e também ajudar a Brigada Militar", finaliza.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...