ANO: 25 | Nº: 6485
08/05/2019 Cidade

UTE Ouro Negro solicita outorga para utilização de água do Arroio Candiota

Foto: Arquivo JM

Usina já conta com licença prévia, emitida pelo Ibama
Usina já conta com licença prévia, emitida pelo Ibama
A Usina Termelétrica (UTE) Ouro Negro, projetada para o município de Pedras Altas, requereu, à Agência Nacional das Águas (Ana), a outorga  de direito de uso de recursos de água do Arroio Candiota, localizado na Capital do Carvão. O pedido está sob análise.
Com 600 megawatts (MW) de potência, a UTE pode participar dos leilões de energia que devem ocorrer entre 2019 e 2021, anunciados em calendário divulgado pelo Ministério de Minas e Energia (MME). A informação foi confirmada pelo presidente da empresa, responsável pelo investimento da termelétrica a carvão, Sílvio Marques Dias Neto, em março.
O projeto prevê duas etapas de 300 megawatts (MW) cada. O empreendimento conta com Licença Prévia, emitida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama), e, agora, busca a renovação da outorga dos recursos hídricos. A água é importante para o processo de geração de energia nas termelétricas. A usina, se construída, deve consumir carvão de Candiota.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...