ANO: 25 | Nº: 6357
10/05/2019 Segurança

Final de semana terá operação Viagem Segura

O fim de semana de Dia das Mães, que deveria ser uma época de celebração da vida, é uma das datas mais violentas no trânsito. Buscando conscientizar as pessoas de que o melhor presente para uma mãe é saber que o seu filho está bem, as autoridades de trânsito se preparam para a 103ª Operação Viagem Segura, que terá início hoje e se estenderá até a meia-noite de domingo.

Na operação do Dia das Mães do ano passado, foram registradas 16 mortes nos três dias (5,33/dia). A pior média histórica foi em 2013, quando houve 40 vítimas fatais (13,3/dia). A análise estatística dos feriados e datas comemorativas de 2007 a 2018 aponta que o final de semana de Dia das Mães (incluindo a sexta-feira, quando há intenso deslocamento) tem a pior média de mortes por dia (8,33), bem acima do índice geral de feriados (6,41).

Ainda considerando o período 2007-2018, a maioria das ocorrências aconteceu no domingo e o turno da noite foi o que concentrou o maior número de óbitos (40,1%). Quanto aos locais em que ocorreram os acidentes fatais, os municípios com maior número de registro são Porto Alegre (19), Pelotas (oito), Passo Fundo (seis) e Canoas (cinco). Sessenta e três por cento das mortes aconteceram em rodovias e as que tiveram maior número de vítimas foram a BR-116, com 21 mortes nesses 11 anos, a BR-386, com 20 óbitos, e as RS-287 e 324, com 11 e nove ocorrências fatais, respectivamente.

A diretora institucional do DetranRS, Diza Gonzaga, ressalta que "são muitas mães esperando pela visita de seus filhos neste feriado. O trânsito não pode ser um impedimento para o reencontro entre pessoas que se amam. Dirija com prudência e exerça empatia em relação àqueles que compartilham a via com você".

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...