ANO: 25 | Nº: 6401
11/05/2019 Cidade

Curso de Nutrição é o primeiro a realizar visita técnica em agroindústria

Foto: Reprodução JM

Grupo foi recepcionado por integrantes da agroindústria
Grupo foi recepcionado por integrantes da agroindústria
por Gabriel de Bem
Acadêmico de Jornalismo da Urcamp

Acadêmicos do Módulo I do curso de Nutrição da Urcamp, dentro da disciplina de Nutrição, Ciência e Profissão, ministrada pela professora e nutricionista Cássia dos Reis Medeiros, realizaram uma visita técnica à Azeites do Pampa Agroindústria Ltda, na segunda-feira. Desde a inauguração da empresa, o grupo foi o primeiro a fazer uma visita técnica.
No local, estudantes e docente foram recepcionados pela administradora da Azeites do Pampa, Sônia Pisetta de Lima, pelo engenheiro agrônomo Emerson Menezes, responsável técnico pela indústria, e pelo coordenador de marketing dos Vinhedos Previtali, Rafael Stein. A visita guiada serviu para conhecer a planta de produção da indústria, discutir temas relacionados aos benefícios dos fitoquímicos encontrados no azeite (pilar da dieta mediterrânea, assunto que está sendo trabalhado através da disciplina), mercado e qualidade do azeite produzido.
Para a professora a visita foi muito produtiva, já que os alunos conseguiram aliar o que aprendem na sala de aula com a prática. “Dentro da disciplina, a estamos trabalhando, exatamente, a dieta mediterrânea, cujo principal alicerce da dieta é o azeite. Então, foi essa a ideia, dos alunos conhecerem a teoria e, também, conseguir unir a prática”, relata Cássia.
Com relação à produção dos azeites, a nutricionista ressalta o cuidado que a empresa tem com o processo de fabricação dos produtos. “A gente conheceu de perto a fabricação de azeite, que é uma coisa inédita para nós. Toda parte de vigilância e higiene sanitária, que é muito completa. Com isso, concluímos que Bagé possui uma agroindústria que produz um azeite com muita seriedade, de confiabilidade e de muita qualidade. Então, teremos, perto de nós, um azeite extravirgem de primeira qualidade na nossa cidade. Não precisaremos mais comprar azeites de outros países ou de outras regiões”, completa a professora.
De acordo com a coordenadora do curso de Nutrição da Urcamp, Mônica Palomino, a nova proposta da Graduação I possibilita esse tipo de aprendizado para o aluno. “Reafirma o papel do curso, da importância da inserção do nosso aluno na comunidade e nas empresas. Pois, o objetivo principal do nosso projeto pedagógico é formar profissionais que tenham esse conhecimento, essa formação do aprender fazendo”, declara.
Segundo o acadêmico do Modulo I da Graduação I, Raul Pinheiro, a visita serviu para a ampliação do conhecimento sobre as principais propriedades do Azeite. “Foi interessante para o aprendizado sobre os antioxidantes do azeite e a importância na dieta mediterrânea. Sobre a forma de produção, sobre o custo do produto e degustação de vinhos produzidos na região. Foi algo importante, visto que, é raro ter produtos regionais de qualidade quando se fala em azeite, ou vinho”, comenta o aluno.
A visita foi finalizada com análise sensorial e degustação de azeite e do vinho Cerros de Gaya Cabernet Sauvignon.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...