ANO: 25 | Nº: 6231

José Artur Maruri

josearturmaruri@hotmail.com
Colaborador da União Espírita Bajeense bagespirita.blogspot.com.br
11/05/2019 José Artur Maruri (Opinião)

Deus, a origem do universo

Desde os tempos mais remotos o ser humano se indaga qual a sua origem e, consequentemente, qual a origem do Universo. E neste intento a humanidade não mede esforços. O último invento, datado de 2008, foi a criação, ao custo de US$ 10 bilhões, do acelerador de partículas LHC, destinado a comprovar uma das ideias mais importantes da física: o bóson de Higgs, mais conhecido por partícula de Deus.
Segundo a Revista Superinteressante, fevereiro de 2012, em uma explicação superficial visando facilitar o entendimento do leitor, "a matéria que forma o seu corpo hoje era só uma coleção de partículas subatômicas se movendo à velocidade da luz. E aí é que vem a bênção. Certas partículas, os bósons de Higgs, estavam espalhadas por cada milímetro do Universo. Uma hora elas se uniram e, num processo similar ao vapor d'água se transformando em água líquida, e formaram um "oceano" invisível - o Oceano de Higgs".
No entanto, descobertas da ciência como a partícula de Deus apenas oferecem mais uma forma de entender um dos princípios basilares da Doutrina Espírita: a existência de Deus.
Nesse mesmo sentido, nada mais adequado considerar que "sendo Deus a causa primária de todas as coisas, a origem de tudo o que existe, a base sobre que repousa o edifício da criação, é também o ponto que importa consideremos antes de tudo". (KARDEC, Allan. A GÊNESE. Cap. II, item I).
Não se pode conceber a criação do Universo sem considerarmos Deus como sua causa primária. Vale reprisar um dos axiomas lançados por Allan Kardec: "Outro princípio igualmente elementar e que, de tão verdadeiro, passou a axioma é o de que todo efeito inteligente tem que decorrer de uma causa inteligente" (KARDEC, Allan. A GÊNESE. Cap. II, item III).
Reportando-nos a isto e considerando que o homem não contribuiu com a produção deste Oceano de Higgs, certo é que deriva de uma inteligência superior à Humanidade, a menos que aceitemos que há efeitos sem causa.
Meditar sobre as questões trazidas, como bem disse Emmanuel, benfeitor espiritual do médium Francisco Cândido Xavier, na obra Caminho, Verdade e Vida (Cap. 101), "constitui ótimo exercício contra a vaidade pessoal (...). O homem nada pode sem Deus". Com isto em mente que o Mestre Jesus afirmou: "Eu não posso de mim mesmo fazer coisa alguma". (JOÃO, 5:30)
Dessa forma, Ciência (partícula de Deus) e Espiritismo (Deus) se encontram e caminham lado a lado, um auxiliando ao outro, sem ignorarmos que todas as nossas possibilidades procedem do Pai e os recursos de cada dia, assim como a excelência das paisagens, advêm de Deus, que nos convida, pelo espírito de serviço, a Ministérios mais santos, onde nos amaremos mutuamente para todo o sempre, praticando o bem e esclarecendo a verdade.

José Artur M. Maruri dos Santos
Colaborador da União Espírita Bajeense
bagespirita.blogspot.com
josearturmaruri@hotmail.com

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...