ANO: 25 | Nº: 6309

Viviane Becker

viviminuano@hotmail.com
Colunista social do Jornal Minuano, Viviane Becker é experiente jornalista de geral e conhecida editora do caderno de variedades Ellas.
14/05/2019

Coluna social

Foto: Viviane Becker

João enchendo de carinho a mamãe Gisele Berchon. Ela teve a linda ideia de proporcionar às clientes da sua loja, Essencial, clicks para guardar na história e no coração, com esse cenário cheio de significado
João enchendo de carinho a mamãe Gisele Berchon. Ela teve a linda ideia de proporcionar às clientes da sua loja, Essencial, clicks para guardar na história e no coração, com esse cenário cheio de significado

Não basta dar asas aos sonhos, o ESSENCIAL é fazê-los voar.

João enchendo de carinho a mamãe Gisele Berchon. Ela teve a linda ideia de proporcionar às clientes da sua loja, Essencial, clicks para guardar na história e no coração, com esse cenário cheio de significado.

Imagens da fotógrafa  Larissa Rochinhas e arte de Carla Silva

 

Amor de mãe

O domingo  foi lindo, cheio de amor e repleto de manifestações de afeto e carinho, entre mães e filhos. Pelas redes sociais, me deparei com centenas de imagens reais, textos recheados de emoções e frases compartilhadas, mostrando diferentes realidades  e fases da vida.  Todos sabem, ser mãe é sinônimo de intensidade... amamos loucamente, esbravejamos,  surtamos, padecemos no paraíso e colocamos os filhos como prioridade. Rogamos aos céus proteção divina e sabemos  que esse é um amor que se mantém,  além da vida.

Hoje, optei por resgatar algumas imagens, feitas nos últimos dias, em recentes eventos sociais, a maioria, captadas pelas minhas lentes para compartilhar com os nossos leitores. Tenho muitas outras que vou publicar durante a semana.

 

#Reflexão

"Precisamos ter muito cuidado para não confundir rede social com  vida real". Interessante a frase que a atriz Giovanna Ewbank externou no programa Altas Horas, no último sábado.  No caso, a bela fez referência à discriminação racial, mas  a expressão é muito mais abrangente, pois faz refletir sobre esse amplo universo. 

A internet é, sem sombra de dúvidas,  uma das invenções mais brilhantes da humanidade. O espanhol Manuel Castells, importante cientista social,  afirma em seu livro “A Galáxia da Internet”, que o nascimento da web pode ser comparado ao surgimento da energia elétrica.  Há quem concorde!  

Mas o fato é que as redes sociais  vêm transformando e redefinindo comportamentos.  Somos capazes de saber das preferências de um amigo, conhecer sua casa e até seu banheiro, graças aos seus selfies.  Postar onde estamos é legal, feio é mostrar que o local é show, o clima nem se fala, e, mesmo assim,  ficar a noite toda contabilizando curtidas dos amigos virtuais, esquecendo de dar atenção aos reais, que estão, bem do seu lado. E como isso acontece!

Neste universo virtual, os inimigos viram amigos, desconhecidos se aproximam e todos se mostram perfeitos, seus comentários são encantadores e suas indiretas avassaladoras, fazem com que muitos vistam a carapuça, apesar de não serem o alvo da postagem.  Eu, particularmente, defendo que meus amigos virtuais precisam ser reais, devo passar na rua e pelo menos dar um "Oi", caso contrário, não tem razão de ser.

Independente dos benefícios de toda essa tecnologia,  a melhor  rede social ainda é aquela mesa de bar,  churrasqueira ou lareira da casa, rodeada de bons amigos reais.

 

 

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...