ANO: 25 | Nº: 6279
14/05/2019 Campo e Negócios

Paleteada de Lavras do Sul define campeões

Foto: Leandro Vieira/ABCCC

Gustavo Delabary  e Jonathan Teixeira venceram na Força A
Gustavo Delabary e Jonathan Teixeira venceram na Força A
Sintonia, funcionalidade e parceria na busca da corrida perfeita em três paradas: da fronteira com a Argentina, passando pelo Extremo Sul e terminando novamente na Campanha Gaúcha. Esse foi o caminho percorrido pelas semifinais de Paleteada em 2019, ciclo que se encerrou no município de Lavras do Sul, com a disputa da última classificatória da Força A e também a Final da Força B entre os dias 10 e 12 de maio.

Com 142 duplas inscritas - sendo 94 na Força A e 48 na Força B - a disputa totalizou mais de mil pedidos de "porta". Isso, em uma disputa que rendeu tempo superior a 20 horas de corridas de vaca na pista do Sindicato Rural.

Na Força A, a fase final realizada no domingo terminou com vitória de uma dupla da São Crispim. Líderes em todas as parciais divulgadas, Gustavo Delabary, montando Bandeira da São Crispim, e Jonathan Teixeira, montando Festa Grande do São Crispim, terminaram como os vencedores após somarem 59 pontos.

Confirmando a competitividade da disputa, na listagem de habilitados para a Expointer, a diferença de pontuação foi pequena e acirrada entre os 20 classificados, com direito até a desempate para definir o terceiro e quarto lugares. "Uma prova bem imprevisível, pelo fato do tempo - choveu na sexta-feira, fez frio - e o gado também, que a gente sabe não é um desafio fácil. Mas um nível muito alto de animais e de prova. Uma prova excelente como sempre, como já foi nas outras classificatórias. Quem se superou, entrou nos vinte", pontuou o jurado Renato Gonçalves.

Força B

Entre aqueles que buscavam o título da categoria Força B, quase dois pontos de diferença na soma do levantar de placas definiram a dupla campeã. Erguendo o troféu, Felipe Augusto Zanin, montando JL Hermosa, e Matheus Lorenzetti Poli, montando Gata Del Rey, aproveitaram melhor os bois soltos na boca do brete. Eles que haviam terminado a primeira fase na terceira colocação e deram o salto ao topo após os desafios de corrida com retomada e sagraram-se como os vencedores da temporada com 69,88 de nota final.

"Eu ressalto a questão dos iniciantes, do fomento da raça. Eu acho muito importante a gente ver pai correndo com filha (o), mulheres entrando cada vez mais correndo paleteada, que é uma prova que encanta bastante. Pelo nível que apareceu na Força B aqui foi muito importante para o crescimento da prova", salienta Gonçalves. Lembrando que as duas duplas melhores colocadas na Força B também ficam habilitadas a concorrer na Final Nacional de Paleteada da Expointer 2019.

O evento contou com a organização da ABCCC em parceria com o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Lavras do Sul. Na supervisão, Carlos Marques Gonçalves Neto garantiu o cuidado técnico com a prova e também por eleger o animal Selo de Raça da prova, prêmio entregue a égua Três Marias da Escondida. A cedência do gado para uso nesta semifinal foi da Cabanha Macanudo.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...