ANO: 25 | Nº: 6282
15/05/2019 Cidade

Produtor cultural busca sugestões para elaboração do projeto do Teatro Municipal

Foto: Antônio Rocha

Rollof, o representante do Conselho Municipal de Cultura, Gladimir Aguzzi, Anacarla Flores e Engleitner
Rollof, o representante do Conselho Municipal de Cultura, Gladimir Aguzzi, Anacarla Flores e Engleitner
Representantes de entidades e grupos culturais de Bagé participaram, ontem à tarde, da apresentação da proposta de construção do Teatro Municipal. A ideia, neste primeiro momento, é escutar os representantes da cultura da cidade para, posteriormente, montar o projeto e buscar recursos para viabilizá-lo.

O projeto foi apresentado pelo produtor cultural Francisco Rollof, em conjunto com o arquiteto Elsio Engleitner, indicados pelo Conselho Estadual de Cultura. Os dois têm experiência na elaboração de projetos arquitetônicos voltados à cultura e conhecem os trâmites necessários. E o know-how da dupla rendeu a indicação para participar do processo em Bagé. "Precisamos sonhar dentro da nossa realidade físico financeira. A ideia é apresentar o projeto e captar recursos através da lei de incentivo à cultura do Estado, o Pró-Cultura", explica.

Segundo ele, o Pró-Cultura permite a liberação de recursos para construção, reforma e restauração de prédios com fins culturais. Para buscar o valor necessário, contudo, Rollof, Engleitner, os arquitetos da Prefeitura e integrantes do Conselho de Cultura de Bagé, devem finalizar a elaboração do projeto. "Se o projeto for contemplado, eu, enquanto produtor cultural, recebo 10% do valor pela elaboração do projeto, conforme previsto em lei. Se não for contemplado, o projeto está pronto para buscar recursos de outra forma", destaca.

A secretaria de Cultura do município, Anacarla Flores, destaca que há um pré-projeto, mas não está fechado. "A partir desta reunião, vão surgir sugestões para o projeto. Queremos construir em conjunto, alinhar as ideias com a comunidade cultural para garantir este espaço destinado à música, dança, teatro, circo, literatura", disse.

Bagé aguarda um novo teatro há quase 100 anos, desde o incêndio que destruiu o teatro 28 de Setembro. Desde então, inúmeros ensaios foram feitos para erguer um novo prédio dedicado à cultura, mas nenhum saiu do papel. A nova mobilização pela construção conta com o Gabinete do Prefeito, da Secretaria Municipal de Gestão, Planejamento e Captação de Recursos e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...