ANO: 25 | Nº: 6382

Fernando Risch

fegrisch@gmail.com
Escritor
17/05/2019 Fernando Risch (Opinião)

Grande dia

Que grande dia pra sorrir. O sol bonito a nos aquecer. Pensei em fazer um samba, mas vou me guardar. Vai ser domingo, que é dia santo, de louvar Leci e o Zé do Caroço. Já dá pra rir, pelo menos. Apesar de que rir de burrice é maldade. Louvado seja o eucalipto que faz papel e a Faber Castell que doutrina asnos.

Mas que grande dia é esse, que os mofados aglomeram seus bolores em armários constrangidos, com desculpas balbuciadas aos cuspes idiossincráticos da estupidez e da vergonha. É de fato um grande dia, e depois deste virá outro e mais outro, até que os que do pó vieram, para o pó retornem, em estátuas esculpidas com madeira de fruta cítrica, citrus x sinensis, expostas em praça pública, sob chuva de H²O, para que não repitamos os maus exemplos.

Um grande dia. A turba efervescida engole o trânsito, alegando o óbvio a esfregões malabaristas, pedindo o óbvio a loucos terraplanistas, sádicos, eugenistas. Dia de pegar um avião, subir aos céus e bater na porta do senhor da guerra de pijamas, como um vassalo puxa-saco, e ouvir que não tem pão velho. Sem tempo, irmão, volta pra casa. E no arriver dos fatos, gozar aos falos finos dos amarelos, na obsessão irresistível de falar do que mais lhe povoa a mente, só para a vergonha alastrar.

Meu filho, o que foi que fizeste? Não sou Bezerra da Silva pra falar de sogra, de cheque sem fundo, de quadrilha e de X9. Virou samba. Samba dos bons. O motorista e a madrasta, passeando pelo Rio. O de Janeiro, o das Pedras. Tiro pro alto. Teje preso. Faz dancinha.

Hoje é um grande dia. Amanhã será outro grande dia. Mas guarde tudo para o grande dia de domingo. Dia sagrado, dia de samba. Dia de agarrar a vassoura e dançar, sem coreografia colorida, sem cara pintada. Dia de ouvir que roda mundo, roda-gigante, roda moinho, roda pião. Dia de pagar pra ver. O jardim florescer. Qual você não queria.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...