ANO: 26 | Nº: 6526
18/05/2019 Esportes

O fator Andrei nas vitórias alvirrubras

Foto: Yuri Cougo Dias

Atacante decidiu partidas em jogadas individuais
Atacante decidiu partidas em jogadas individuais
Dos 14 pontos conquistados pelo Guarany, 10 deles podem ser creditados às ações do atacante Andrei. Por mais que o futebol seja fruto do coletivo, individualidades podem decidir um jogo truncado. Para furar esse tipo de bloqueio, ele foi fundamental. É nessa expectativa que o torcedor deposita seu otimismo para o confronto deste sábado, às 15h, contra o Rio Grande, no Estádio Antônio Magalhães Rossell.
Dos oito gols do Guarany, quatro foram marcados pelo jogador. Os outros quatro foram anotados na estreia, contra o 12 Horas, sendo que Andrei não atuou. Mas, da segunda rodada em diante, foi o autor dos gols das vitórias sobre o Novo Horizonte (1 x 0), Sapucaiense (1 x 0) e Real (1 x 0) e do empate com o Rio Grande (1 x 1). Não entram na conta a goleada sobre o 12 Horas (4 x 0) e o empate com o Real (0 x 0).
Outro fator em evidência é a possibilidade de classificação às quartas de final da Terceirona com três rodadas de antecedência. Para isso, basta vencer o Rio Grande. E numa eventual vitória do 12 Horas sobre o Sapucaiense, o Guarany ainda pode viajar a Sapucaia do Sul, na quarta-feira, com cinco pontos de diferença do vice-líder, que é justamente o time de Sapucaia. Se a primeira fase acabasse hoje, o Guarany pegaria, nas quartas, o Cruz Alta, repetindo o cruzamento de 2018.
O ingresso custa R$ 30 e pode ser adquirido na hora. A cadeira custa R$ 50. A meia-entrada para idosos, mulheres e estudantes (com apresentação de carteira da UNE, Ubes ou Uges) tem valor de R$ 15. O acesso ao estádio será de duas formas: portão um (avenida Padre Abílio Sponchiado, para torcida em geral) e portão dois (na rua Gaspar Silveira Martins, para sócios, convidados e imprensa).

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...